Publicidade:

Nostalgia: 20 músicas que fazem 20 anos em 2018

Há músicas que marcaram tanto uma altura específica da nossa vida que é impossível não nos lembrarmos delas. Estas 20 músicas fazem 20 anos em 2018. Ainda se lembra delas?

Nostalgia: 20 músicas que fazem 20 anos em 2018
Ainda se lembra destas músicas?

Em primeiro lugar, é possível que ainda se lembre das letras de mais de metade das músicas que aqui lhe mostramos. Estas 20 músicas fazem 20 anos em 2018.

Agora, deve estar a pensar: “como é possível? Já passaram 20 anos?”- é verdade, passaram mesmo. As canções em causa foram tornadas públicas em 1998 e marcaram a juventude de boa gente. Ainda é capaz de cantarolar alguma destas músicas?

Estas 20 músicas fazem 20 anos em 2018


Baby One More Time, Britney Spears

É impossível nunca ter ouvido e cantarolado este hit de Britney Spears. Se frequentar bares de karaoke, então, vai perceber que “Baby One More Time” é um clássico entre o público noventeiro (dos anos 90, vá).

Tearin’ Up My Heart, *NSYNC

Lembra-se quando Justin Timberlake fazia parte de uma boys’ band? Por onde quer que passassem, os NSYNC arrancavam corações a sangue frio e deixavam muitas meninas histéricas.

Everybody, Backstreet Boys

A banda sucesso dos anos 90 tem várias músicas a fazerem 20 anos em 2018. Há muito boa gente por aí que ainda sabe a letra desta Everybody de cor…

Ray of Light, Madonna

Agora que Madonna vive em Lisboa, podemos ir dar-lhe os parabéns à porta de casa, certo? Ray of Light faz 20 anos e a verdade é que parece que os anos não passam pela rainha da pop.

The Boy Is Mine, Brandy & Monica

Corria o ano de 1998 quando Brandy e Monica lançaram uma música tipicamente pop, numa quase resposta a Michael Jackson e Paul McCartney, pela sua música “The Boy is Mine”. Surpreendentemente, a música ganhou um sucesso instantâneo e tornou-se num fenómeno.

The Rockafeller Skank, Fatboy Slim

Nunca antes uma música com tons de country e hip-hop old-school tinha tido tanto sucesso. No entanto, Fatboy Slim levou esta música ao top 100 em 1998…

The Cup of Life, Ricky Martin

Não vamos comparar The Cup of Life com La Vida Loca, de 1999, mas esta música de Ricky Martin também teve bastante sucesso, principalmente porque foi a música oficial do Campeonato do Mundo da FIFA de 1998.

I’ll Be, Edwin McCain

Conhecida atualmente pela quantidade de vezes que é cantada em concursos de música, em 1998 foi um grande sucesso por ter aparecido na cena final da primeira temporada de Dawson’s Creek. Ainda se lembra?

Jump Five an’ Wail, The Brian Setzer Orchestra

Esta música é, na verdade, uma versão do clássico Jump Jive an’Wail, de Louis Prima (1956). Com o sucesso desta música em 1998, The Brian Setzer Orchestra conseguiu subir nos rankings com um trabalho de blues, num mundo já dominado pelo pop.

C’est La Vie, B*Witched

Em 1998, B*Witched seguia as pisadas das Spice Girls e lançou este êxito instantâneo entre muitos grupos de amigas. Não havia uma festa do pijama onde não se cantasse e ainda é possível ouvi-la algumas vezes em karaokes por este mundo fora…

When You Believe, Mariah Carey & Whitney Houston

A quem é que temos de agradecer a oportunidade de ouvir dois monstros da música juntos? Ao Príncipe do Egipto. Não ao verdadeiro, mas ao do filme, já que esta música foi gravada para esse efeito.

I’m Your Angel, Celine Dion & R.Kelly

Juntar a responsável por I Believe I Can Fly com a rainha do My Heart Will Go On foi uma jogada de mestre em 1998. O duo saltou instantaneamente para número um de quase todas as listas americanas, claro.

Crush, Jennifer Paige

Nos anos 90, a maioria das músicas pop falavam sobre desgostos amorosos. É o caso desta Crush, claro. Pena Jennifer Paige não ter tido mais nenhum sucesso como este.

Because of You, 98 Degrees

Depois dos *NSYNC e dos Backstreet Boys terem voltado a dar às boy bands um fôlego novo, foi a vez dos 98 Degrees. Tinham o “look“, as harmonias e, claro, as letras queridas e que todas as raparigas queriam ouvir.

Are You Jimmy Ray, Jimmy Ray

Este cantor britânico apareceu inesperadamente a cantar sobre o facto das pessoas se enganarem no seu nome e o sucesso foi também ele inesperado.

Music Sounds Better With You, Stardust

Não é difícil perceber as razões que fizeram deste Music Sounds Better With You um sucesso em 1998. Uma delas é o facto da letra ser repetitiva e muito simples. Ora, ouça…

You’re Still The One, Shania Twain

Esta música foi apenas um dos 12 singles lançados no álbum Come on Over, que continha 16 músicas. Só isso já é impressionante. E o sucesso de You’re Still The One não se ficou por 1998, já que ultrapassou barreiras geracionais e ainda pode ser ouvido em casamentos…

Angel, Sarah McLachlan

Sarah McLachlan escreveu esta música sobre a overdose de heroína do músico Jonathan Melvoin (dos Smashing Pumpkins) e claro que, numa altura em que a música mais emocional tinha muito espaço nas rádios e nas prateleiras das lojas de discos, ganhou muito sucesso.

My Favorite Mistake, Sheryl Crow

Esta música ganhou muita notoriedade depois de Sheryl Crow ter admitido que era sobre uma antiga paixão dela, também famosa.

Veja também: