6 dicas de investimento para principiantes

Quer começar a investir e não sabe por onde começar? Conheça as nossas 6 dicas de investimento para principiantes e tenha mais sucesso.

6 dicas de investimento para principiantes
Está a iniciar o seu percurso nos investimentos? Conheça 6 dicas que o vão ajudar a começar

Não são poucas as pessoas que sonham em enriquecer e melhorar significativamente a sua qualidade de vida. Será humano querer ter mais dinheiro e viver uma vida despreocupada. Infelizmente, são poucas as pessoas que conseguem enriquecer e manter a sua riqueza ao longo dos anos.
Se é um principiante, se nunca investiu e gostaria de experimentar a sua sorte, siga as nossas 6 dicas que irão tornar o início do seu percurso menos atribulado.


1. Invista em família:

Se é casado não cometa o erro de ocultar os seus investimentos ao seu parceiro. O dinheiro deve ser gerido, gasto e investido em família. Pode parecer um conselho básico e intuitivo mas a falta de diálogo poderá trazer grandes complicações especialmente em momentos de perda.


TOME NOTA:
O mundo do investimento é extraordinário e excitante. Permite-lhe atingir a autonomia financeira mas não se deve brincar com ele. Conheça as nossas seis dicas de investimento para principiantes e tenha o maior sucesso.

2. Conheça o seu perfil de investidor:

Antes de iniciar o seu percurso nos investimentos deverá saber qual o seu perfil. Será que gosta de risco? Ou será que não se sente confortável com a possibilidade de perder o seu dinheiro? Não existe um perfil melhor do que o outro. O melhor perfil é o seu e deverá conhecê-lo pois é o investidor que tem de viver com as consequências das suas escolhas.


3. Estude e procure conselho:

Para poder investir com sucesso terá de estudar os vários produtos de investimento. Estudar as suas características, os seus riscos, o que pode fazê-los aumentar ou diminuir de valor, a sua relação com outros investimentos, a sua liquidez. Enfim, terá de dominar as principais características dos produtos. Conhecer os produtos é essencial para investir.

Neste processo, poderá precisar de apoio e conselho de alguém mais experiente. Neste caso não estamos a falar do seu gestor de conta (que irá procurar vender-lhe os produtos que contam para os objectivos do banco e não os produtos que mais se adequam ao seu perfil e objectivos) nem dos amigos. Procure que o possa aconselhar. Leia livros, explore o portal Ekonomista. O fundamental é tomar decisões informadas.


4. Diversifique os seus riscos:

Sendo um investidor principiante deverá procurar diversificar os seus riscos de investimento por diversos produtos. Poderá comprar depósitos a prazo e certificados de aforro para dar estabilidade. Comprar fundos de investimento em obrigações para dar estabilidade e algum retorno. E apostar em fundos de investimento de acções e outros produtos para procurar obter ganhos superiores. O fundamental é diversificar os riscos para melhorar a relação risco/retorno da sua carteira.


5. Invista de forma regular:

Uma das variáveis que irão potenciar os seus retornos e a acumulação de património consiste na criação de hábitos de poupança e investimento regulares. Invista um pouco todos os meses, nem que sejam apenas €10-€20. A paciência e a persistência tendem a dar resultado no mundo dos investimentos. Neste mundo o tempo é o seu melhor amigo.


6. Defina objectivos:

A definição rigorosa de objectivos é uma tarefa fundamental para definir o nível de risco que pode e deve correr. É também essencial para garantir que compra e vende os seus investimentos nas melhores alturas para a sua carteira.
Apresentámos algumas dicas que pretendem facilitar o início do seu percurso no mundo dos investimentos. Partilhe connosco as suas preocupações, receios e estratégias e ajude os outros leitores a ter sucesso nos seus investimentos


Veja também: