6 Dicas para esticar o ordenado

Encontrar soluções para esticar o ordenado, de forma a ele chegar até ao final do mês, faz parte do quotidiano de muitos portugueses. Mas nem sempre as soluções são encontradas. Conheça as nossas dicas.

6 Dicas para esticar o ordenado
E chegar ao fim do mês com dinheiro

Esticar o ordenado ao máximo, para ele chegar para todas as despesas correntes, é uma imagem bem conhecida de muitos portugueses. Os ordenados praticados no país, em comparação com os custos de vida, assim o obriga. Apesar de ser uma prática muito comum, nem sempre são encontradas as soluções ideias, o que provoca graves problemas financeiros a muitas famílias. Para o evitar é fundamental conhecer todas as dicas para esticar o ordenado. 
 
Assim, seguem 6 dicas para esticar o ordenado.
 

1. Estabeleça um dia da semana para ir ao supermercado

Não faça as compras para o mês de uma só vez, nem faça visitas diárias ao supermercado. No primeiro caso, ao não comprar tudo de uma vez, permite aproveitar as ofertas e descontos semanais disponíveis. No segundo, além do gasto de tempo e combustível, evita cair em tentações mais facilmente. Em todo caso, não se esqueça de fazer e levar a sua lista de compras com aquilo que realmente necessita.
 

2. Poupe na alimentação

Confeccione e leve o seu próprio almoço para o trabalho. Substituir o almoço num restaurante por este hábito resultará numa boa poupança mensal. Além disso, desta forma pode fazer uma alimentação mais controlada e saudável. Saiba mais sobre como poupar na alimentação.
 

3. Faça desporto sem gastar dinheiro

O desporto é fundamental para o bem-estar físico e mental de qualquer pessoa. No entanto, não necessita de o fazer em ginásio. Pode optar por o fazer ao ar-livre, com as famosas caminhadas ou jogging. Pode ainda recorrer a vídeos tutorias, disponíveis na web, que lhe indicam como fazer exercício em casa, sem gastar dinheiro. Anular custos com o desporto, será certamente uma boa forma de esticar o ordenado.
 

4. Deixe o carro em casa

O carro e o seu combustível são um dos maiores gastos mensais da maioria das famílias. Se possível, tente deixar o carro em casa e trocá-lo por transportes públicos ou partilhe, revezadamente, o carro com outros colegas de trabalho.
 

5. Utilize maioritariamente dinheiro

No seu dia-a-dia, faça os pagamentos com dinheiro vivo. Desta forma terá um melhor controlo dos seus gastos. Evite o usar os cartões de débito e, especialmente, crédito.
 

6. Divirta-se em casa

Substitua algumas das suas saídas de lazer de fim-de-semana por sessões em casa. Organize entre o seu grupo de amigos convívios em casa. Mesmo que não o faça todos os fins-de-semana, isso implicará uma boa poupança. Verá que se diverte na mesma e ajuda-o a esticar o ordenado.
 
Veja também: