6 Dicas para preservar o motor do carro

Aprenda a cuidar do motor do carro. Conheça algumas dicas proativas de preservação e manutenção que vão garantir a durabilidade do motor do seu carro.

6 Dicas para preservar o motor do carro
Prolongue a vida do motor do seu carro com estes gestos simples.

O motor do carro é o coração do mesmo. A analogia não é nova, mas a sua veracidade e atualidade mantém-se intacta. Na sua grande maioria, os motores dos veículos vêm preparados para responder positivamente em desempenho, sem perder durabilidade. São concebidos para durarem muitos anos, no entanto, não dispensam algumas boas práticas de manutenção e cuidados de preservação. 
Como habitualmente, o melhor é ter esses cuidados proativamente, antes que o mal já esteja feito. Siga estas seis dicas para preservar o motor do seu carro:
 

1. Faça uma condução equilibrada

Uma condução preventiva não é apenas um conselho aplicável para medidas de segurança, é também uma medida de proteção do motor do carro. Constantes velocidades excessivas, baixas rotações, grandes acelerações (especialmente logo após dar a partida ou quando for desligado) e desacelerações provocam, entre outros, deterioração do motor do carro.
 

2. Mudar o óleo regularmente

Dependendo do fabricante, deve trocar o óleo a cada 5 mil ou 7,5 mil quilómetros. Assim, mantenha o óleo sempre cheio e em boa qualidade. O motor não vive sem óleo.
 

3. Cuide do sistema de arrefecimento do motor

O sistema de arrefecimento (refrigeração) inclui o radiador, o termóstato, a bomba de água e refrigerante. Deve ter cuidados neste sistema para proteger o motor do carro de sobreaquecimento. Verifique, uma vez por semana, o nível de óleo do reservatório de arrefecimento do motor e se tem a quantidade adequada de água (líquido do radiador) que circula em todo o seu motor.


Veja também: como lavar o motor do carro
 
 

4. Não abra a tampa do reservatório de água com o carro quente 

Além de correr riscos graves de queimaduras, haverá entrada de ar no sistema, que, mesmo sem vazamentos, pode originar sobreaquecimento. O ar que entra provoca bolhas e dificulta a circulação da água que arrefece o motor.
 

5. Realize as trocas dos filtros de ar, óleo e combustível nas quilometragens corretas

Sempre que os filtros deixam de fazer a sua função o motor corre sérios riscos. Trocar os filtros atempadamente evita que entre todo o tipo de sujidade e poluentes no motor. 
 

6. Não se esqueça de efectuar revisões periódicas

Por muitos cuidados que tenha, não deve dispensar a revisões dos especialistas, pois podem existir problemas que você não consegue detetar. Leve o carro a revisões periódicas.
 
Veja também: