A importância de avaliar a sua situação financeira

Conhece a sua verdadeira situação financeira? Este artigo pretende apresentar uma forma de enfrentar os problemas financeiros e determinar os seus conhecimentos sobre literacia financeira.

A importância de avaliar a sua situação financeira
Enfrente os seus problemas financeiros de cabeça erguida

Perante a situação atual do nosso país os níveis de endividamento particular, o stress e os distúrbios no dia-a-dia das pessoas têm vindo a aumentar. Exemplo desta situação são os casos da “Maria” e do “Fernando”. A “Maria” uma mulher brilhante e energética, deixou acumular um grande quantidade de dívidas depois de se divorciar.
 
 
JUNTE TODOS OS SEUS CRÉDITOS NUM SÓ
Simplifique as suas contas, consulte agora os nossos especialistas em crédito consolidado. Ao juntar os seus créditos, fica com apenas uma mensalidade, paga sempre ao mesmo dia do mês.
Criou um problema financeiro na sua vida, mas não quer enfrentá-lo. Um amigo, em quem depositava alguma confiança, disse-lhe que era necessário registar todas as dívidas numa lista. "Não, não vamos!", Foi a primeira reação da “Maria”. Entrou em pânico só com a idéia de realizar o somatório de toda a dívida.
 
A reação da “Maria” é muito frequente. Na verdade, quase todas as pessoas que têm este tipo de problemas têm o mesmo sentimento. Enfrentar os factos é, provavelmente, o passo mais difícil de todo o processo. “Fernando” nas mesma situação de endividamento está apavorado com a idéia de contar à esposa o total da dívida acumulada.
 
Este passo, no entanto, é essencial para construir um futuro financeiro melhor. Ninguém consegue ultrapassar uma fase de endividamento sem que primeiro saiba o total da sua dívida.
 
Para muitos de nós, avaliar a nossa situação financeira é muito mais do que fazer um somatório de todas as despesas. Esta tarefa traz à tona sentimentos intensos de medo, vergonha, ansiedade, tristeza, raiva e muito mais. Soa familiar?
Se está nesta situação, não tenha medo de pedir ajuda. Podemos encontrar ajuda num amigo de confiança, por exemplo. Diga-lhe que não quer um empréstimo, como diz o velho ditado “se queres perder um amigo empresta-lhe dinheiro”, apenas necessita duma orientação financeira e conhecer as soluções disponíveis no mercado.
 
Melhor do que isso é pedir aconselhamento junto de profissionais em Finanças Pessoais ou empresas de consolidação de crédito. Eles entendem o que se está a passar e irá encontrar ajuda para resolver o seu problema financeiro.
 

Cumpre as regras?

Analise o seu nível de conhecimento sobre Finanças Pessoais. Imprima o Quiz, responda às questões e verifique a sua pontuação para avaliar a sua actual situação financeira.
  Sempre Às vezes Nunca
1. Os encargos com a casa e estado são pagos dentro do  prazo? (Ex. Renda/prestação da casa, pagamento de IRS, SS, IVA, IUC)      
2. Poupa pelo menos 10% do seu ordenado líquido?      
3. Têm um reserva de emergência no valor equivalente a 6 meses do seu ordenado?      
4. Planeia com antecedência as grandes despesas?      
5. Define e mantém objetivos financeiros?      
6. Segue um orçamento familiar?      
7. Quando quer realizar uma compra compara o preço em várias lojas?      
8. Tem um relatório atualizado dos créditos obtidos?      
9. Analisa os extratos bancários com frequência?      
10. Lê livros ou artigos sobre Educação Financeira?      
Total:      
 
Pontuação:
Nunca = 0 pontos, às vezes = 1 ponto, sempre = 2 pontos.
 
0-10 Pontos: Indica que necessita de assumir o controlo rigoroso do seu dinheiro.
Seguindo o “Dos Tostões aos Milhões” irá obter ajudar na organização a sua situação financeira.
 
11-15 Pontos: Demonstra um bom esforço a gerir o dinheiro de forma eficaz.
Seguindo o “Dos Tostões aos Milhões” pode-o ajudar a realizar algumas mudanças e melhorar o seu desempenho financeiro.
 
16-20 Pontos: Demonstra uma boa capacidade de gerir as suas finanças, é um exemplo a seguir, o sucesso financeiro ao longo da vida é uma constante.
Seguindo o “Dos Tostões aos Milhões” pode ajudá-lo a continuar a fazer a gestão do dinheiro de forma prioritária.
 
Poupe até 60%, reduza as suas mensalidades com o crédito consolidado, saiba como.
 
Veja também: