Estudo: abraçar faz bem à saúde física e emocional

A ciência provou que abraçar faz bem à saúde. Conheça as vantagens do abraço e comece a partilhar boas energias com quem mais gosta.

Estudo: abraçar faz bem à saúde física e emocional
Conheça as vantagens do abraço

Quem não gosta de um abraço das pessoas que mais ama? Em alturas menos positivas, este gesto de carinho parece bastar para diminuir os níveis de stress.

De acordo com um estudo publicado na Association Psychological Science, esta sensação é transmitida desde os primeiros dias de vida. Assim sendo, abraçar faz bem à saúde porque ajuda a prevenir doenças relacionadas com o stress e a ansiedade, bem como a diminuir a probabilidade de contrair infeções.

Como dizia a Psicoterapeuta Virgina Satir, “precisamos de quatro abraços por dia para sobreviver, de oito abraços por dia para nos manter e de 12 abraços por dia para crescer”.

Abraçar faz bem à saúde: o estudo

Este estudo foi realizado por uma equipa de investigadores da Universidade Carnegie Mellon, dos Estados Unidos da América, que testou se os abraços servem de apoio emocional e se a frequência com que os abraços são dados permite proteger as pessoas de algumas doenças associadas ao stress.

A equipa de investigação analisou 404 adultos saudáveis através de entrevistas telefónicas ao longo de 14 noites consecutivas: nessa altura, os investigadores verificavam o número de abraços e qual a frequência de conflitos interpessoais.

Depois de realizadas as entrevistas, estes adultos foram expostos intencionalmente ao vírus da gripe, mantidos em quarentena e monitorizados para que fosse observada a evolução da doença.

No final, 22% das pessoas expostas ao vírus não desenvolveram sintomas de gripe, neste caso aqueles que receberam o maio número de abraços e que tinham mais apoio social da família e amigos.

Assim sendo, abraçar faz bem à saúde porque, segundo o investigador Sheldon Cohen, “as pessoas que enfrentam algum tipo de conflito são menos capazes de lidar com os efeitos da gripe”. “Da mesma forma, sabemos que as pessoas que admitem ter apoio social são parcialmente protegidas dos efeitos do stress”, explicou o professor de Psicologia da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade de Carnegie Mellon.

Segundo o investigador, vários indícios provam que “o toque é eficaz a proteger as pessoas de vários sintomas de stress e ansiedade”.

As vantagens do abraço são mais do que muitas

Ainda não está convencido em relação à eficácia do abraço? Fique a saber que quando abraça alguém, o corpo produz mais oxitocina, que tem um papel importante na redução da pressão arterial.

Precisa de mais motivos? Abraçar faz bem à saúde porque é a oxitocina que ajuda a aliviar a dor física e emocional e porque aumenta as suas capacidades de memória.

Já abraçou alguém hoje? Então, este é o momento certo.

Veja também: