ADSE direta: serviços, funcionamento e reembolsos

É beneficiário da ADSE e tem atrasos nos reembolsos? Conheça, neste artigo, o a plataforma ADSE direta, como funciona, e quais os serviços disponíveis.

ADSE direta: serviços, funcionamento e reembolsos
Plataforma promete agilizar reembolsos das despesas de saúde

O portal ADSE direta existe desde meados de 2016 e permite aos beneficiários acederem a um conjunto de serviços eletrónicos.

Se anteriormente tinha de entregar em mãos os documentos de despesas de saúde e os reembolsos eram mais demorados, com a ADSE direta o processo tornou-se mais fácil e está à distância de um clique.

O principal objetivo da plataforma é precisamente agilizar os reembolsos dos beneficiários, possibilitando o envio pela Internet dos documentos de despesa de saúde digitalizados.

Como funciona a ADSE Direta?

O acesso à ADSE Direta é feita através de um processo de autenticação que é suportado pelo sistema das Declarações Electrónicas, da responsabilidade da Autoridade Tributária e Aduaneira.

Para aderir basta os seguintes passos:

  • Entrar na página da ADSE;
  • Escolher a opção ADSE direta;
  • Na falta de uma senha de acesso, pedi-la às declarações eletrónicas;
  • Entrar na plataforma introduzindo o número de contribuinte e a senha do portal das finanças, ou usar o cartão do cidadão através do respetivo leitor;
  • Carregar em “Autorizo” e confirmar o número de beneficiário da ADSE;
  • A partir deste passo, surge um menu onde pode selecionar o serviço que pretende utilizar, nomeadamente o da entrega de documento de despesas de saúde para reembolso.

Quais os serviços da ADSE Direta?

  • Entrega de documento de despesas de saúde para reembolso;
  • Atualização de dados pessoais;
  • Consultar todos os cuidados de saúde realizados em entidades convencionadas;
  • Verificar documentos já entregues e em que estado se encontram os processos;
  • Emitir a declaração para efeitos de IRS.

Como pedir reembolsos, usando a ADSE direta?

Para pedir um reembolso de um serviço prestado em regime livre, basta entrar na plataforma usando os dados de acesso e clicar na opção “Envio de Documentos para Reembolso”. Em seguida, deve criar um novo processo e inserir os dados da fatura do serviço. Depois de inserir os dados e as digitalizações dos documentos originais, deverá enviar para a morada indicada na capa do processo, os seguintes documentos:

  • Comprovativo original do pagamento;
  • Prescrição médica, se solicitada;
  • Outros documentos complementares específicos, consoante o serviço.

Nos documentos a enviar deve constar sempre o nome, o NIF e o Número de Beneficiário da ADSE. Os reembolsos devem ser pedidos no prazo de seis meses após a prestação de cuidados de saúde a que se refere. A ADSE possui também uma plataforma onde pode simular para perceber qual o valor que lhe será reembolsado.

A ADSE direta também está direcionada para os prestadores dos cuidados de saúde, permitindo-lhes validar os direitos dos beneficiários, acompanhar a sua faturação e registo de regularizações e propor a inclusão ou exclusão de cuidados.

Veja também: