Alarme em casa: ter ou não ter?

Está a pensar instalar um sistema de alarme em casa? Saiba 6 razões para o fazer.

Alarme em casa: ter ou não ter?
6 razões para ter alarme em casa

De acordo com um estudo norte-americano, famílias sem alarme em casa estão 2,7 vezes mais sujeitas a assaltos do que as restantes. A simples colocação de uma placa visível, indicando que a casa tem sistema de alarme já desencoraja o intruso, protege a sua família e a sua casa. Para além disso, os sistemas de alarme oferecem um leque de serviços que garantem a segurança total de sua casa.
 
Por exemplo: sistemas de monitorização, com tecnologia sem fios, mais simples de instalar ou sistemas inteligentes que integram todos os sistemas num só e permitem, através do seu telemóvel mesmo quando não está em casa, regular, o aquecimento, a iluminação ou controlar os valores dióxido de carbono.
 

6 razões para ter alarme em casa

  • Um assaltante que corra o risco de entrar numa casa com as pessoas dentro, das duas uma: ou não sabia da presença ou vai à procura de problemas. Em qualquer um dos casos, pode resultar numa tragédia. Com um sistema de alarme em casa, tem algum tempo para se proteger num local mais seguro, avisar imediatamente a polícia ou fugir.

  • Em apenas trinta segundos, uma pequena chama pode transformar-se num incêndio. Com um sistema de alarme em casa, é possível, pelos sensores de gás, de inundações e de fumo detetar qualquer anomalia, as centrais são automaticamente informadas e o socorro é imediato. Em caso de incêndio, por exemplo, o alerta pode ser dado pela presença de fumo, monóxido de carbono, temperaturas elevadas, chamas e/ou misturas explosivas. Estão, ainda, disponíveis sistemas de extinção como aspersores, sistemas de espuma, etc.

  • Saber que a sua casa está protegida, de intrusos ou de acidentes, deixará a sua a família mais tranquila. Especialmente, se tem familiares mais velhos que vivem sozinhos e que de sua casa não querem sair, instalar um alarme é uma excelente solução para garantir a segurança de quem não o consiga fazer com a rapidez necessária. Além disso, com a devida autorização da pessoa, pode monitorizar a casa à distância ou ser imediatamente informado em caso de anomalia.

  • Ao longo da vida, guardamos objetos que nos são queridos. O fio que herdamos de uma tia, os álbuns de fotografias dos filhos, as cartas de amor, os livros ou a televisão para a qual poupamos um ano inteiro. Um ladrão não quer saber do valor sentimental das nossas coisas e apenas se preocupa com o que vai lucrar com aquilo. Um sistema de alarme em casa não só afugenta os intrusos como, pelas imagens capturadas pelas câmaras, torna mais fácil identificar os culpados. 

  • Está fora de casa em trabalho ou de férias e não descansa porque deixou a sua casa sozinha? Não desespere. Com um sistema de alarme em casa, mesmo quando está fora, há sempre alguém para responder em situações de emergência, seja um assalto ou uma inundação. Quando é detetada um anomalia, as centrais das empresas de alarme são automaticamente notificadas e enviam para o local as equipas adequadas.

  • Com os sistemas de videovigilância é possível saber o que passa dentro de sua casa mesmo não estando presente. Muitos dos sistemas disponíveis no mercado permitem aceder remotamente ao seu sistema de alarme. Com este serviço pode armar ou desarmar o alarme, monitorizar as câmaras, regular as luzes ou o aquecimento. Todas estas funções permitir não só estar atento a possíveis intrusos como, também, a proteger a casa à distância.
 
Veja também: