Alcofa do bebé: sim, não ou nim?

Alcofa do bebé: será que o seu filho precisa mesmo de uma? Saiba os cuidados que deve ter na hora de comprar uma alcofa para o seu bebé.

Alcofa do bebé: sim, não ou nim?
Será mesmo essencial?

Cuide daqueles que mais gosta: a saúde da sua família em primeiro lugarSubscreva Já
A verdade é que a alcofa do bebé não é um artigo essencial quando se tem um filho. No entanto, se o seu orçamento permite ou se tem um familiar ou amigo que lhe pode emprestar uma alcofa para o bebé, pode ser-lhe útil em algumas situações, nomeadamente, para ter o bebé perto de si quando está noutra divisão da casa, como a sala, ou em casa de familiares, por exemplo. 

Durante a gravidez, é normal que os pais (avós, tios, primos, amigos…) se entusiasmem com a chegada de um novo bebé para a família e lhes seja muito difícil resistir a todas as coisas engenhosas, lindas e fofas criadas para esta fase. Sabemos que não é fácil mas deixamos dois conselhos: lembre-se que os bebés crescem muito rápido, por isso, modere os ímpetos consumistas e compre apenas à medida do que precisa.
 

Alcofa versus Berço

Neste confronto, pais e pediatras não têm a mesma opinião. Enquanto que alguns pediatras não recomendam o uso da alcofa, pelo perigo que podem representar, as mães e os pais defendem a alcofa do bebé pela sua praticidade. 



O que dizem os pediatras?

Para a comunidade médica, a alcofa do bebé pode perfeitamente ser substituída pela berço, pela babycoque ou pela espreguiçadeira, dependendo da idade da criança e do local. 

No entanto, no que diz respeito ao transporte em veículos, apesar de algumas permitirem imobilização com o cinto de segurança, as alcofas não são de todo recomendadas a não ser que permitam o transporte de costas.



O que dizem as mães?

Para as mães, a alcofa apresenta uma vantagem em relação ao berço que é a facilidade de transporte, seja entre divisões da casa ou no exterior - em casa de familiares, por exemplo. Além disso, nos primeiros meses, o bebé deve ficar junto dos pais e nem sempre pode ser possível ter um berço no quarto dos pais. O bebé fica mais aconchegado na alcofa e, além disso, quando a recuperação do parto é um pouco mais difícil, também pode ser mais acessível para a mãe.
 


Cuidados a ter na compra da alcofa do bebé

Como vê, há prós e contras quando se trata da alcofa do bebé, no entanto, só os pais podem saber qual é a melhor opção para o seu bebé, de acordo com as rotinas da família, o orçamento familiar e a própria criança. Se usar uma alcofa, tenha o cuidado de a colocar sempre num local amplo e seguro, como dentro da cama de grades - nunca em cima de mesas ou cadeiras
Porém, seja qual for a sua opção, há cuidados obrigatórios a ter quando decide comprar uma alcofa do bebé, nomeadamente:
  • a alcofa deve ser rígida para permitir que o bebé durma na posição adequada
  • uma alcofa rígida permite colocar um monitor respiratório - prevenção do Síndrome da Morte Súbita
  • deve ter alças resistentes para facilitar o transporte
  • deve ser lavável


Quanto custa uma alcofa do bebé?

Hoje em dia há alcofas para todas as carteiras, porém, lembre-se que deve optar por uma solução rígida, mais segura para o seu bebé. Ainda assim, a partir de 80 eurosencontra vários modelos no mercado que cumprem estes requisitos.
Proteja a saúde da sua família >>

Veja também: