Alerta para os homens: 10 erros de saúde que não deve cometer

No que diz respeito à saúde não dá para facilitar. No entanto, há vários erros que os homens cometem. Conheça-os neste artigo.

Alerta para os homens: 10 erros de saúde que não deve cometer
Tome nota destas ações a evitar

Se é homem, esteja atento a este artigo e tome nota do que não deve fazer. Se é mulher, tome nota também, pois certamente já terá assistido a estas situações e pode ter também oportunidade de aconselhar um amigo, familiar ou colega de trabalho a olhar pela sua saúde.

10 erros de saúde que os homens (geralmente) cometem

1. Evitar o médico

medico

Os homens são, por norma, mestres em arranjar desculpas para não irem ao médico. Esta é uma das ações fundamentais para cuidar da saúde e que vai ganhando cada vez mais importância à medida que os anos vão passando. É crucial visitar o médico regularmente e fazer exames de rotina, mesmo que não tenha queixas.

Há exames de rastreio que, feitos de forma regular, ajudam a detetar problemas de forma precoce e permitem cortar o mal pela raiz. Falamos, por exemplo, de cancros que afetam sobretudo os homens com idade superior a 60 anos como o cancro colorretal. A prevenção, neste caso, deve começar cedo. Por motivos de saúde, é melhor mesmo não fugir do médico.

2. Pensar que não podem ter um ataque cardíaco

ataque cardiaco

Não se pode pensar que um ataque cardíaco é algo que só pode acontecer ao pai e ao avô, devido à idade. Na verdade, é uma ameaça que pode afetar homens bem mais novos. Se tiver familiares que já tenham sofrido um ataque cardíaco, é possível que possa acontecer a si também a partir dos 30 anos. Independentemente da idade, é importante ter cuidado com o coração.

3. Ignorar o facto de ressonar

ressonar

Ressonar pode ser sinónimo de um problema de saúde. Quem ressona pode sofrer de Síndrome de Apneia Obstrutiva do Sono. Trata-se de uma perturbação respiratória que acontece durante o sono e que pode provocar danos bem mais chatos do que aborrecer quem dorme ao nosso lado.

É que o sangue durante a noite não fica corretamente oxigenado e, se isso acontecer, dá origem a problemas graves como o aumento do ritmo cardíaco, hipertensão arterial, arritmias cardíacas, aumento significativo do risco de enfarte agudo do miocárdio e alterações hormonais.

Este quadro clínico está associado a situações de cansaço, diminuição da libido, problemas cardiovasculares e sonolência. Se tem estes sintomas e/ou se a pessoa que dorme ao seu lado também se queixa, o melhor é mesmo procurar ajuda médica e não ignorar este problema.

4. Não colocar protetor solar

Não falamos apenas de quando vai à praia, mas sim de cada vez que a pele está exposta ao sol. Muitos homens não põem protetor solar, por exemplo, na cara ou em qualquer outra parte do corpo exposta. Colocar protetor, pelo menos de fator 30, é muito importante para prevenir o cancro de pele.

5. Recusar-se a pedir ajuda em casos de impotência sexual

impotencia

A impotência sexual é um problema que pode afetar vários homens e não tem nada a ver com a sua masculinidade. Se não procurar ajuda de um médico, não verá esta perturbação resolvida, afetando não só a sua vida, como a da pessoa que tem ao seu lado. Como a impotência está relacionada com a falta de circulação de sangue no pénis, poderá ser também um indicador de problemas cardíacos. Face a este problema, é fundamental visitar um especialista.

6. Beber para esquecer (afinal a depressão só acontece às mulheres)

beber

Geralmente, as mulheres sofrem mais de depressão do que os homens. Mas isso não significa que não possa ter este problema. A ideia de que a depressão é um problema das mulheres pode fazer com que os homens não procurem ajuda.

Perante uma situação deste género, muitos tendem a refugiar-se na bebida e em estupefacientes para se sentirem melhor. Esta atitude só faz com que este distúrbio seja mais difícil de detetar e de tratar. Perante sintomas de depressão, procure ajuda e vá ao médico.

7. Ir várias vezes à casa de banho durante o dia e durante a noite

Levanta-se mais do que duas vezes de noite para ir à casa de banho? Durante o dia vai mais de oito vezes à casa de banho? Provavelmente não tem tempo para as contar, nem se apercebe, mas é importante estar atento. É que podem ser indicadores de problemas de próstata, de bexiga hiperativa ou até de alguns tipos de cancro. Se nota que está a ir mais vezes à casa de banho, consulte um especialista e fale-lhe desses sintomas.

8. Não ir ao dentista regularmente

dentista

Existe uma maior preocupação com a higiene oral da parte das mulheres do que dos homens. Geralmente as mulheres marcam mais consultas preventivas e os homens só vão ao dentista quando já têm algum problema.

É importante ir a consultas regularmente para detetar e prevenir problemas que possam surgir. Para além disso, abrir a boca no dentista e dizer “ah” pode revelar sintomas de doenças como a diabetes, doença de Crohn, lupus e até mesmo leucemia.

9. Comer só carne e batatas

fruta e legumes

Legumes também puxam carroça e ajudam a ter uma alimentação saudável e equilibrada. Em geral, deve consumir 4 a 5 porções de frutas e legumes por dia e, este consumo, pode lugar ajudar a baixar a probabilidade de ter um AVC, cancro e problemas digestivos.

10. Achar-se invencível e desafiar o destino

fumar e conduzir

Alguns homens adoram beber, fumar, conduzir rápido, saltar de aviões, entre outras atividades que podem parecer divertidas, mas que podem prejudicar a saúde. Não pensar nas consequências destes atos e agir de forma impulsiva pode ser uma má jogada e não custa pensar duas vezes.

Veja também: