10 dicas de alimentação para fortalecer o sistema imunitário

Sabia que a alimentação pode turbinar o seu sistema imunitário? Existem super alimentos que podem manter a saúde em dia.

10 dicas de alimentação para fortalecer o sistema imunitário
Sabe o que comer para não adoecer?

O inverno é o momento para apanhar as temidas gripes e sofrer com as inflamações e incómodos associados à época mais fria do ano, mas as viroses não são uma exclusividade das baixas temperaturas e, mesmo nas alturas de mais calor, é preciso garantir que o corpo tem desfesas para lidar com os inimigos invisíveis que provocam essas doenças. Sabe como o fazer? A alimentação pode ser o segredo para fortalecer o sistema imunitário.

O segredo que está na ponta do garfo

Construir um sistema imunológico mais forte e saudável é possível e pode ser feito através de uma dieta saudável e equilibrada. Descubra 10 formas nutritivas para fortalecer a imunidade e diga adeus à medicação para combater as doenças. A regra de ouro é prevenir e o segredo para isso está no prato.

Independente da causa da doença, a inflamação associada é a principal causa dos sintomas indesejados – e para ajudar a combatê-la é preciso apontar o garfo para os alimentos ricos em antioxidantes e vitaminas. Descubra quais são esses poderosos alimentos, como agem e por que eles fortalecem as suas células.

Está pronto para viver 12 meses sem gripe? Tome nota do que deve comer para fortalecer as células e manter o organismo a funcionar como o de um super herói. Tome nota das 10 doses extra de saúde que listamos para si.

1. Vitamina A

Onde encontrar: em alimentos de origem animal, como ovos, óleo de peixe, manteiga e fígado.

Por que a Vitamina A é importante?

Ajuda a manter as membranas mucosas e celulares saudáveis, ajudando a reduzir a vulnerabilidade do organismo a agentes infeciosos. Por outras palavras, afasta as gripes. Para além disso, também tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias que ajudam a aliviar os sintomas desagradáveis de diversos quadros de doenças típicas do inverno.

2. Betacaroteno

Onde encontrar: em frutas e legumes como papaia, cenoura e couve.

Por que o Betacarodeno é importante?

Para simplificar, porque ele pertence a mesma família da vitamina A e partilha das suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, fortalecendo assim a imunidade.

3. Vitamina C

Onde encontrar: kiwi, citrinos, bagas e pimentos vermelhos.

Porque é a vitamina C é importante?

Esta poderosa vitamina dispensa apresentações e está sempre no centro das atenções quando o assunto é combater as gripes. Ela ajuda a lutar contra a infeção e faz com que as células devorem as bactérias nocivas à saúde, para além de manter a pele saudável e promover os processos de cicatrização.

4.Vitamina E

Onde encontrar: espinafres, óleos e sementes de girassol, manteiga de amendoim, abacate e amêndoas.

Por que a vitamina E é importante?

Assim como a vitamina C, a vitamina E tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes. Estudos revelam que ela ajuda a melhorar a resposta do organismo às vacinas, tornando-as mais eficazes nos idosos, por exemplo.

5. Vitamina D

Onde encontrar: cogumelos, peixes, gemas de ovo e leite.

Por que a vitamina D é importante?

A resposta é simples: a vitamina D é uma poderosa aliada preventiva, protegendo o organismo contra o cancro, doenças cardiovasculares, demência e até mesmo a gripe. Também ajuda a combater as infeções, produzindo anticorpos e citocinas, ajudando assim a reprimir qualquer processo inflamatório. O nosso corpo é capaz de obter a vitamina D através da exposição sola adequada, por isso, se está à procura do melhor horário para fazer as suas caminhadas, opte pelo início da manhã ou aproveite um intervalo de 15 minutos após o almoço.

6. Vitaminas B5, B6 e B12

Onde encontrar: para obter as vitaminas B5 e B6, olhe para os grãos integrais, como as nozes e as sementes. Para consumir a vitamina B12, coma alimentos de origem animal, tais como iogurtes e carnes. Se é vegetariano, aposte em alimentos fermentados, como o chucrute.

Por que são importantes estas vitaminas?

As vitaminas B5 e B6 contribuem para que o organismo crie anticorpos e combata os invasores infeciosos, enquanto que a vitamina B12 ajuda o corpo a produzir glóbulos vermelhos saudáveis.

7. Zinco

Onde encontrar: raízes, ostras, mariscos, frutos do mar e amêndoas.

Por que o Zinco é importante?

O zinco é o mineral mais essencial ao fortalecimento da imunidade e uma deficiência deste nutriente pode mesmo significar um maior risco de desenvolver infeções. Ele funciona com vitamina E e o selénio, ou seja, é um poderoso antioxidante que melhora a função celular e ajuda o corpo a produzir mais anticorpos. Mas tome nota: o excesso de zinco pode reduzir a função imunológica. Se está a ingerir zinco através de suplementos, fuja dos frutos do mar e fique longe das amêndoas.

8. Ferro

Onde encontrar: lentilhas, folhas verdes, carnes e passas.

Por que o ferro é importante?

O ferro ajuda a transportar oxigénio para as células, sendo um ingrediente chave para a produção de energia. Uma deficiência em ferro pode provocar fadiga e infecções frequentes. Por outro lado, exagerar no consumo de ferro pode estimular o crescimento bacteriano.

9. Selénio

Onde encontrar: levedura, castanha de caju, arroz integral e salmão.

Por que o selénio é importante?

Para os especialistas em nutrição, o selénio é um dos mais poderosos nutrientes antioxidantes. Ele entra em ação e, em conjunto com a vitamina E, ajuda a produzir a glutationa, um antioxidante que protege as células dos radicais livres.  À semelhança do zinco e do ferro, o selénio deve ser tomado em doses limitadas.

10. Magnésio

Onde encontrar: abacate, folhas verdes, amêndoas, arroz integral, soja e tofu.

Por que o magnésio é importante?

Ele é um super aliado com poderes anti-inflamatórios e desempenha um papel essencial quando o assunto é manter o sistema imunológico forte. É também um regulador hormonal que ajuda a reduzir os desconfortos da menopausa nas mulheres. Considere seriamente incluir o abacate no prato e diga adeus às gripes.

Veja também: