10 alimentos nossos que os cães podem comer

Há muitos alimentos que o Homem pode partilhar com o seu melhor amigo de quatro patas. Saiba quais.

10 alimentos nossos que os cães podem comer
Cenoura é um dos alimentos que os cães podem comer

O cão é o melhor amigo do Homem. E não há nada tão agradável como partilhar refeições com os amigos. Por isso, torna-se pertinente saber quais os alimentos que os cães podem comer, como um complemento à ração.

Muitos alimentos podem ser benéficos, sendo que é preciso ter cuidado, pois há também alimentos que podem ser muito nocivos para estes animais. Por isso, é sempre aconselhável consultar o veterinário antes de dar comida de humanos a estes companheiros de quatro patas.

Alimentos que os cães podem comer e os seus benefícios

Manteiga de amendoim

peanutUma iguaria muito apreciada pelos americanos e também por muitos cães. É uma excelente fonte de proteína e de gorduras saudáveis (vitamina B, E e niacina). De acordo com o especialista em cães, Cesar Millan, a manteiga de amendoim que se dá aos cães deve ser sem sal e nunca pode ser light ou sem açúcar, porque estes tipos de manteiga contêm aditivos adoçantes que são muito tóxicos para estes animais.

Carne

carneOs cães precisam de carne, pois é uma boa fonte de energia graças à proteína. Carnes como frango e porco são excelentes fontes de vitaminas e aminoácidos, ajudando ao bom funcionamento do metabolismo. Deve-se evitar dar carnes que tenham muita gordura, bem como evitar dar ossos de frango cozinhados a estes fiéis amigos (se bem que com ossos crus não há problema).

Salmão e atum

atumUma boa opção por ser uma fonte rica em ómega 3, o que ajuda a fortalecer o sistema imunitário do animal, de acordo com o site The Daily Puppy. O salmão deve dar-se cozinhado. Estes alimentos tornam o pelo dos cães mais brilhante.

Cenoura

CenouraSão alimentos baixos em calorias e ricos em fibra, potássio e vitamina A, C e K, sendo ainda uma boa guloseima para os dentes dos cães, de acordo com o American Kennel Club, especialmente cruas.

Iogurte

iogurteFonte de cálcio, proteína, potássio, zinco, e vitamina B12, o iogurte não só é benéfico para os dentes e ossos como também ajuda o sistema digestivo a funcionar melhor, explica o American Kennel Club. É importante certificar-se que o iogurte não tem aditivos de açúcares nem fruta, e também verificar se o animal não é intolerante à lactose.

Abóbora

AboboraRica em fibra, potássio, vitamina A, B e C, e baixa em calorias, a abóbora potencia o bom funcionamento intestinal, segundo o PetInfo. Não deve incluir aditivos de açúcares.

Ovos

ovoExcelente fonte de proteína e aminoácidos, de acordo com o American Kennel Club. Podem ser servidos cozinhados (mas sem sal ou outros temperos).

Feijão verde

feijaoOpção nutritiva e baixa em calorias, ideal para dar a companheiros de quatro patas que precisam de perder peso, segundo o American Kennel Club.

Batata doce

doceTêm propriedades semelhantes às da abóbora. De acordo o PawCulture, são um must nas dietas caninas. Devem ser servidas cozinhadas, mas sem qualquer tempero.

Aveia

aveiaDe acordo com o PetMD, a aveia é uma excelente fonte de fibra, ideal para cães mais idosos e que tenham problemas intestinais e alergias. Depois de cozinhada, deve ser servida fria.

Veja também:

Ana Duarte Ana Duarte

Jornalista e gestora de comunicação no projeto Patient Innovation, Ana Duarte é mestre em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Porto. A sua paixão pela escrita começou cedo, quando aprendeu a escrever e começou a criar os seus próprios jornais. Interessa-se por tecnologia, desporto, cinema e literatura.