Quais são as alternativas ao crédito pessoal?

A subscrição de um crédito pessoal pode adivinhar-se uma prisão por muito tempo. Nem todos os caminhos vão dar ao crédito. Quais são as alternativas disponíveis? Leia este artigo e descubra.

Quais são as alternativas ao crédito pessoal?
Antes de subscrever um crédito pessoal, estude as alternativas

Antes de estudar as alternativas ao crédito pessoal, pondere bem e analise o seu orçamento familiar. Pense para que vai precisar do dinheiro e se não irá cair no erro de pedir um crédito pessoal para cobrir dívidas. Esta opção não é a melhor solução e pode transformar-se numa bola de neve.
 
A subscrição de um crédito pessoal deve ser sempre uma decisão extremamente estudada. Seja numa instituição financeira ou numa entidade bancária, a verdade é que o crédito pessoal é um dos que tem associado as despesas mais elevadas. As taxas de juro são a preocupação maior e o que deve levá-lo a pensar ponderadamente antes de apostar num pedido de crédito pessoal. 
 
Mas afinal, se não optar pelo crédito pessoal, que outras alternativas existem?
 

As alternativas para evitar pedir um crédito pessoal

Depois de ponderar e fazer contas, analise as seguintes alternativas:


1. Poupanças

Nunca ninguém tem vontade de mexer nas poupanças, mas a verdade é que pode ser uma alternativa a um pedido de empréstimo. Se existir alguma aplicação que possa ser movimentada ou levantada, é uma alternativa a analisar.
 

2. O cartão de crédito

Se o montante de dinheiro que necessita não for muito elevado, poderá optar por subscrever um cartão de crédito sem juros. É sempre uma solução que sai mais barata, uma vez que não terá associados os encargos que tem um crédito pessoal. Esta opção tem, no entanto, de ser utilizada com moderação.


3. Subsídios de férias

Não se trata de algo que esteja dependente de nenhuma entidade financeira, mas a verdade é que quando chegam os subsídios de férias, é sempre uma lufada de ar fresco no orçamento familiar. Se precisar mesmo deste dinheiro e conseguir esperar pelo 13º mês, é a melhor opção.


4. Cheques pré-datados

Esta alternativa é das mais antigas que existe e pode ser utilizada se precisar do dinheiro para adquirir bens. Pode passar vários cheques com datas futuras que só poderão ser depositados na respectiva altura. No entanto, nem todos os sítios aceitam esta alternativa.
 

5. Familiares

Pondere efectuar um pedido de empréstimo a um familiar. Desta forma, poderá evitar taxas de juro muito elevadas ou até mesmo obter o financiamento de que precisas sem qualquer juro associado.
 
Em suma, não ceda à tentação de um crédito pessoal antes de verificar que outras opções existem no mercado.
 
 
Veja também: