Alternativas ao Windows Media Center

Escolhemos várias alternativas ao Windows Media Center para que possa continuar a ter um centro multimédia, agora no Windows 10.

Alternativas ao Windows Media Center
Já começa a ter saudades? Não é preciso.

Quer conhecer algumas alternativas ao Windows Media Center? Nós fizemos uma lista que lhe vai encher as medidas. Depois de a Microsoft ter anunciado, há poucos meses, que não ia manter o suporte ao Windows Media Center, muitos foram aqueles que se alarmaram por perderem o seu centro multimédia “tudo-em-um”. Foi um deles? Não se aflija, temos aqui várias alternativas para si. E das boas!
 

As 6 melhores alternativas ao Windows Media Center


Kodi (antigo XBMC)

A consola Xbox foi a primeira razão pela qual este centro multimédia foi criado. Apesar da ideia não se ter concretizado, o Kodi chegou ao topo e é, ainda hoje, um dos mais utilizados centros multimédia do mundo. Um dos fatores que faz do Kodi tão famoso é o facto de se adaptar a vários sistemas operativos, como é o caso do Windows, do Linux, do Mac OS, iOS e até Android. Pode ainda ser utilizado juntamente com uma placa de televisão para assistir a programas transmitidos em direto e pode também gravar os programas pretendidos. Mais importante ainda, dirão alguns, é a variedade de formatos multimédia que tem à disposição, facilitando o acesso a serviços como o Hulu, a Pandora ou o Youtube.

 

Plex

É, provavelmente, o segundo mais utilizado do mundo e é baseado no XBMC. O Plex torna fácil a tarefa de transformar o computador num servidor multimédia, através das funcionalidades do Plex Media Server. Se preferir, pode ainda utilizar a aplicação para Android e iOS para transmitir os conteúdos a partir do servidor central para todos os dispositivos que quiser. Parece um conto de fadas? Sim, mas tem um senão. Não tem a funcionalidade de TV – quer seja para assistir a programas em direto, quer seja para gravar programas.

 

MediaPortal

Apesar de ter começado como uma ramificação do XBMC, o Media Portal foi, entretanto, totalmente reescrito. Tem uma das interfaces mais interessantes desta lista, mas não é só uma “carinha laroca”. Permite assistir a televisão em direto, gravar os seus programas preferidos ouvir música, rádio, ver DVDs e Blu-ray e, como se já não chegasse, ainda permite visualizar fotografias. Mas não fica por aqui. Ainda tem acesso ao estado do tempo, à atualidade noticiosa e aos feeds RSS, entre muitas outras coisas.

 

Moovida

É possível que não conheça esta alternativa ao Windows Media Center. A Moovida é a menos conhecida mas é… gratuita. Já captámos a sua atenção? Ainda bem. Uma particularidade desta aplicação é que possui duas interfaces: uma para a gestão de arquivos no computador e outra para a procura e reprodução de conteúdo multimédia.

 

JRiver Media Center

Esta é uma opção premium – e por isso mesmo custa 49 dólares. O JRiver Media Center oferece suporte para conteúdos áudio, vídeo e de fotografia, assim como de redes para dispositivos DLNA. Precisa de um ponto positivo que o convença a gastar este dinheiro todo? Esta aplicação permite reproduzir música a partir de qualquer dispositivo. Já o convencemos de que vale a pena?

 

Emby

Tal como acontece no Plex, o Emby inclui um reprodutor e um servidor de conteúdos multimédia, uma conetividade simples e fácil de utilizar, capacidade de transmitir programas de televisão em streaming, suporte DLNA e permite sincronizar dispositivos móveis a uma nuvem. Tudo isso embrulhado numa interface bem agradável. É gratuito e está disponível para Windows ou Linux e claro, nas plataformas móveis, como é o caso da Android TV, Roku, Amazon Fire TV ou a Chromecast.


Veja também: