Alunos no sistema de ensino em Portugal: conheça o panorama

São vários os aspetos que podem ser analisados acerca dos alunos no sistema de ensino em Portugal. Conheça os dados dos alunos do ensino público e privado.

Alunos no sistema de ensino em Portugal: conheça o panorama
Conheça em pormenor o panorama do sistema de ensino em Portugal

Alunos no sistema de ensino em Portugal: quais os aspetos fundamentais que caracterizam a panorâmica dos nossos alunos nas últimas décadas, relativamente ao tipo e nível de ensino, focando ainda a questão do sexo? Que dados devem ser levados em consideração?

De seguida, apresentamos-lhe os dados que consideramos mais relevantes sobre a evolução dos alunos no sistema de ensino em Portugal, ao longo dos últimos anos.

Panorama dos alunos no sistema de ensino em Portugal

1. Total de alunos matriculados no sistema de ensino em Portugal

Podemos verificar que, desde 1978 até 2016, houve um aumento significativo do número de alunos no sistema de ensino em Portugal: de 1.848.646 alunos para 2.027.483.

2. Alunos por nível de ensino, em instituições privadas

Desde 1978 até 2016, deu-se um aumento exponencial dos alunos que frequentam Ensino Privado: de 113.896 alunos para 398.367.

Se recuarmos mais um pouco no tempo, tendo o ano de 1961 como referência, percebemos que, relativamente ao Ensino Pré-escolar, os alunos do Ensino Privado aumentaram de 6.528 para 122.277, em 2016. Já os alunos do Ensino Básico aumentaram de 90.747 para 133.859. No respeitante ao Ensino Secundário, houve uma evolução de 4.756 alunos para 83.554.

Em 2003, os CET começaram com 406 alunos, tendo crescido para o número máximo de 2146, em 2015. Este tipo de ensino sofreu uma diminuição de alunos de 2015 para 2016, passando para 162 alunos.

Finalmente, no que diz respeito ao Ensino Superior privado, partiu-se de 7.050 alunos, em 1980, passando para um número máximo de 118.737, em 2000, sendo que em 2016, o número total de alunos foi de 58.515.

De forma geral, em termos de percentagem, no Ensino Privado, houve uma evolução de 6.2% dos alunos, em 1978, para 19.6%, em 2016.

alunos

3. Alunos por nível de ensino, em instituições públicas

Desde 1978 até 2016, de forma geral, deu-se uma diminuição dos alunos que frequentam o Ensino Público de 1.670.011 alunos para 1.629.116.

Se recuarmos mais um pouco no tempo, vendo em particular e partindo do ano de 1961, entendemos que, relativamente ao Ensino Pré-escolar, os alunos do Ensino Público aumentaram de 70.730 para 137.573, em 2016. Já os alunos do Ensino Básico diminuíram de 975.724 para 879.538. No respeitante ao Ensino Secundário, houve uma evolução de 8.360 alunos para 307.984.

Em 2003, os CET começaram com 232 alunos, tendo crescido para o número máximo de 10.033, em 2015. Este tipo de ensino sofreu uma diminuição de alunos de 2015 para 2016, passando para 6.137. Quanto ao Ensino Médio, passou de 6.645 alunos, em 1978, para 2.500, em 1988.

Finalmente, no que diz respeito ao Ensino Superior, partiu do número de 73.869 alunos, em 1980, passando para um número máximo de 311.574, em 2012, sendo que em 2016, o número total de alunos foi de 297.884.

4. Alunos matriculados por nível de ensino e sexo

De uma forma geral, os alunos do sexo masculino do sistema de ensino em Portugal, passaram de 961.894, em 1978, para 1.030.323, em 2016. Quanto ao sexo feminino, houve uma evolução de 886.752, em 1978, para 997.160, em 2016.

No que diz respeito ao Ensino Pré-Escolar, o sexo masculino evoluiu de 3.334, em 1961, para 133.762 indivíduos, em 2016, e o sexo feminino aumentou de 3.194 para 126.088 indivíduos.

Focando agora o Ensino Básico, os alunos do sexo masculino diminuíram de 566.766, em 1961, para 526.955, em 2016. Neste nível de ensino, o sexo feminino também diminuiu, de 499.705 para 486.442.

No respeitante ao Ensino Secundário, deu-se uma grande evolução. Efetivamente, os alunos do sexo masculino passaram de 8.231, em 1961, para 199.170, em 2016. Já relativamente ao sexo feminino, o número passou de 4.885 para 192.368.

Falando dos CET, o sexo masculino passou de 446 alunos em 2003, para 4.319, em 2016. Neste tipo de ensino, o sexo feminino passou de um número de 192 para 1.980.

Tendo em consideração o Ensino Médio, o sexo masculino sofreu um decréscimo do número de alunos, passando de 1.669, em 1978, para 276, em 1988. A mesma tendência se manifestou no sexo feminino, passando de 6.459 indivíduos para 3.277.

Finalmente, quanto ao Ensino Superior, os alunos do sexo masculino passaram de 47.517, em 1978, para 166.117, em 2016. Já os alunos do sexo feminino passaram de 34.065 para 190.282.

estudantes universitarios

5. Total de alunos matriculados em percentagem da população residente

Se analisarmos de forma geral a percentagem dos alunos matriculados em termos de população residente, verificamos a existência de um panorama de 19,3%, em 1978, em comparação com uma percentagem de 19,6%, em 2016.

Após esta análise pormenorizada dos alunos no sistema de ensino em Portugal, podemos verificar que, de uma forma geral, há um crescendo. No entanto, a análise por níveis de ensino permite-nos fazer uma avaliação mais cuidada e calculada.

Veja também:

Continuar a Ler
Catarina Mesquita Catarina Mesquita

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses e Ingleses, Pós-Graduada em Linguística Portuguesa e Mestre em Estudos Portugueses Multidisciplinares, possui experiência de mais de quinze anos ao serviço da educação, da tradução e da escrita.