Publicidade:

App eFatura: todas as respostas

Descubra neste artigo tudo o que precisa saber sobre a app eFatura e saiba quais são as vantagens e desvantagens desta aplicação móvel.

App eFatura: todas as respostas
A aplicação está operacional para sistemas Apple e Android

app eFatura foi criada por um português, o programador Jorge Miguel, no intuito de ajudar os contribuintes a controlarem eficazmente as faturas que são inseridas no portal e-fatura, a qualquer hora e em qualquer lugar.

Neste artigo, vamos explicar-lhe as funcionalidades da app eFatura, e mostrar algumas vantagens na sua utilização.

O que é a app e-fatura?


A app eFatura é uma aplicação para telemóveis que permite gerir as faturas do portal e-fatura de uma forma simples e automática. Com a app eFatura o contribuinte acede a todas as faturas que são inseridas no sistema.

O contribuinte verifica, assim, se as faturas estão bem catalogadas (isto é, na atividade correta), se tem alguma fatura pendente, se há faturas que não aparecem (pode inseri-las com a aplicação) e, inclusive, tem oportunidade de verificar os seus gastos.

Outra das funcionalidades da app eFatura é a possibilidade de guardar as faturas no dispositivo móvel ou na sua conta pessoal de Dropbox.

Sempre vale a pena lembrar que, com esta aplicação, o contribuinte está sempre a par dos benefícios acumulados para efeitos de IRS e que é possível aceder à informação que consta no e-fatura mesmo quando está num local sem internet.

app e-fatura

A app permite associar receitas?

A maioria das faturas pendentes no portal e-fatura prende-se com despesas médicas à taxa de 23%. Nestes casos e para se beneficiar da dedução, o contribuinte terá de associar a receita médica e validar a fatura. A app eFatura tem esta funcionalidade em operação. De qualquer forma, caso não tenha receita médica, é só validar a fatura na atividade saúde e esta irá contar para o bolo das despesas gerais familiares.

A app eFatura é gratuita?

A aplicação tem uma versão gratuita e uma segunda, mais completa, que custa cerca de três euros. A versão a pagar permite integrar todos os membros do agregado familiar, ou seja, uma família pode ter numa só aplicação todo o histórico das suas faturas e gerir tudo na mesma conta.

A app eFatura está disponível para os dispositivos móveis com sistemas operativos Apple e Android.

A app tem informações sobre a Fatura da Sorte?

A app eFatura disponibiliza os resultados da Fatura da Sorte. Permite, também, consultar as informações de anteriores concursos.

É segura?

A app eFatura não guarda nenhuma informação fiscal ou pessoal. Estas informações só estão acessíveis no dispositivo móvel e nos servidores do portal e-fatura.

Em resumo…

A app eFatura permite:

  • Consultar faturas;
  • Inserir faturas;
  • Corrigir erros, como a atividade económica da fatura;
  • Apagar faturas introduzidas pelo contribuinte;
  • Saber automaticamente os totais faturados;
  • Conhecer o benefício estimado;
  • Aceder sem internet.

Vantagens

  • Não necessita de chegar a casa e ligar o computador para consultar, validar ou corrigir as suas faturas;
  • O que fizer na eFatura app é transportado automaticamente para o Portal das Finanças e-fatura;
  • Envia uma notificação sempre que o contribuinte tem faturas pendentes;
  • Histórico e respetiva categorização de todas as despesas efetuadas (contém top 10 de comerciantes), ou seja, pode saber, no final de determinado período, onde gastou/deduziu mais (por exemplo, pode saber quanto anda a gastar por mês em combustível), servindo assim também como uma aplicação de finanças pessoais;
  • Fica a conhecer o valor que pode ser abatido no imposto a pagar ou o aumento do imposto a receber;
  • Permite fotografar e gravar – fazer um backup no seu dispositivo ou Dropbox as suas faturas (versão PRO);
  • Permite também consultar os resultados da Fatura da Sorte, sendo possível consultar informação dos concursos realizados até à data – ficando o utilizador a saber se ganhou ou para onde (Concelho) foi o prémio.

Porque é importante estar a par das faturas do e-fatura?

O Estado devolve 15% do IVA dos gastos em alojamento e restauração, cabeleireiros, reparação de automóveis e motociclos e atividades veterinárias. O IVA dos gastos com passes mensais de transportes públicos coletivos é dedutível a 100%.

Mas, ainda há mais: as deduções em sede de IRS abrangem também despesas familiares, saúde, lares, pensão de alimentos, habitação e educação.

Lembre-se: deve pedir as faturas com o seu número de contribuinte e tem até 15 de Fevereiro para validar todos esses documentos. Tudo para que possa ter um maior reembolso ou pagar menos IRS.

Veja também: