Publicidade:

5 apps Android com as quais deve ter cuidado

Hoje, a confidencialidade é pouco certa. Algumas apps beneficiam do fácil acesso à Internet e a informações pessoais. Tenha cuidado com as apps que utiliza.

5 apps Android com as quais deve ter cuidado
O acesso a informações pessoais é cada vez mais fácil e silencioso

É sabido que algumas apps comprometem informações pessoais do utilizador, graças a um problema que tem vindo a crescer: a interceção de informações protegidas pelo protocolo TLS (Transport Layer Security).

Esta invasão acontece de forma remota e quebra a segurança que se espera existir nos downloads e na utilização das mais diferentes apps. Esta quebra acontece quando o tráfego de Internet, entre um dispositivo móvel e um servidor, é intercetado – e é tão simples que basta um hacker estar ligado à mesma rede Wi-Fi que o utilizador.

Mas não esqueça o certificado TLS. Este existe para contrariar esta facilidade de acesso, garantindo a proteção de dados e informações. As apps só são perigosas quando este certificado é mal validado pela respetiva autoridade ou quando é anulado por um programador, propositadamente.

São gerados falsos certificados TLS por parte de hackers, que facilmente acedem à ligação entre o dispositivo móvel do utilizador e o servidor de destino para se apropriarem da informação pretendida. As apps mais perigosas são aquelas mais facilmente manipuláveis.

Tem estas apps no seu Android? Tenha cuidado


Também a Google Play Store não escapou a alguns destes “ataques”, depois de ser criticada por muitos utilizadores por disponibilizar apps pouco seguras. Por si só, estas apps não constituem uma ameaça, mas acabam por disponibilizar conteúdo considerado pouco seguro.

Exemplo disso são os diversos pop-ups que surgem quando se inicia um novo jogo ou se abre uma app recentemente instalada. Se, por distração, carregar numa dessas janelas, pode ser direcionado para plataformas facilmente manipuláveis – onde a sua localização se pode tornar acessível e a sua informação pessoal roubada.

Segundo o website de tecnologia Make Use Of, estas são as apps Android com as quais deve ter mais cuidado.

apps perigosas

1. QuickPic

Uma simples galeria de fotos, de fácil utilização e semelhante a qualquer outra da sua categoria. No entanto, as atualizações recorrentes constituem um perigo para a segurança das suas informações pessoais.

QuickPic faz parte desta lista do site Make Use Of, uma vez que, após ser adquirida pela Cheetah Mobile, passou a ter os dados dos utilizadores carregados nos seus próprios servidores.

2. ES File Explorer

A certa altura, esta foi a app com mais downloads na sua categoria: organização e categorização de ficheiros. Rapidamente se percebeu que o facto de ser uma free app trazia muitas implicações ao nível da segurança do utilizador.

Na verdade, essa versão da ES File Explorer trazia diferentes vírus, entre eles ad-wares, que insistiam na necessidade do utilizador descarregar outras apps que afirmava serem necessárias ao normal funcionamento da ES File Explorer.

3. CLEAN it

Instalada mais de 10 milhões de vezes, com reviews acima da média, que oscilam entre as 4 e as 5 estrelas. Novamente, a publicidade anunciada nesta app é prejudicial para o seu dispositivo. Este software de limpeza explica que fechar apps que estão abertas em segundo plano não tem qualquer implicação no desempenho da sua bateria, o que é falso.

4. Music Player

Uma app que lhe permite ouvir a música que tem guardada no seu dispositivo Android. À semelhança das restantes, também neste caso existe demasiada publicidade que consome muita bateria e faz uso dos seus dados pessoais.

5. DU Battery Saver & Fast Charge

Milhões de instalações e críticas muito positivas a mais uma app que “garante” a poupança de energia. De facto, esta app disponibiliza uma funcionalidade que, simplesmente, não existe: o facto de carregar o seu dispositivo de forma mais rápida do que a convencional. Apresenta falsos gráficos e notificações que apenas enganam o utilizador.

O nosso conselho: caso tenha uma das apps acima listadas, aconselhamos a atualização para as versões mais recentes ou, até, a sua substituição por outras de utilização semelhante.

Veja também:

Luísa Santos Luísa Santos

Licenciada em Ciências da Comunicação - Jornalismo, Mestre em Multimédia, cantora sem diploma nas horas livres. Trabalha atualmente em Marketing e Comunicação, é viciada em redes sociais e fervorosa adepta do desenrasque.