Publicidade:

Ar condicionado gasta combustível? Descubra a resposta

Quer saber se o ar condicionado gasta combustível? Descubra a resposta a uma das perguntas mais comuns no universo automóvel.

Ar condicionado gasta combustível? Descubra a resposta
Sim ou não?

Provavelmente já ouviu (e reproduziu) alguns mitos do mundo automóvel. Será que o ar condicionado gasta combustível? A resposta é afirmativa. Não há (mesmo) volta a dar: se quer poupar na gasolina ou gasóleo, tenha atenção ao uso frequente do ar condicionado.

Ainda assim, não se esqueça: o ar condicionado é considerado um elemento de segurança ativa, já que que permite regular a temperatura e a humidade dentro do habitáculo. Mas há mais: o ar condicionado contribui na luta contra a fadiga provocada pelo calor em excesso, ou contra os efeitos causados pelas temperaturas demasiado baixas.

Ar condicionado gasta combustível: como poupar

ar-condicionado-gasta-combustivel

Se quer poupar, aposte numa condução ecológica. Quando liga o ar condicionado está a ativar um compressor que  vai exigir energia ao motor do seu carro. Assim sendo, o ar condicionado gasta combustível e, nos carros com motorizações mais baixas, leva a uma ligeira perda da potência do motor. Segundo dados recentes, o ar condicionado pode consumir até meio litro de combustível por hora e representar um aumento de consumo de cerca de 20% (em autoestrada) a 30% (em cidade).

Contudo, não acredite que viajar com as janelas abertas irá ajudá-lo a poupar combustível e a refrescar o habitáculo do veículo. Se optar por abrir as janelas irá afetar a aerodinâmica da viatura, o que acaba por agravar o consumo de combustível, sobretudo acima dos 80 km/h.

Assim sendo, use o ar condicionado apenas quando necessitar. Para evitar grandes variações de temperatura (no verão ou no inverno), desligue o ar condicionado uns minutos antes de chegar ao seu destino.

Ar condicionado: manutenção

Agora que já sabe que o ar condicionado gasta combustível, não se esqueça de garantir a respetiva manutenção. A limpeza das condutas do ar condicionado deve ser feita a cada dois anos, assim como a substituição do filtro do habitáculo.

Se perceber que o sistema não é capaz de reduzir a temperatura do habitáculo ou a emanação um odor desagradável, então está perante uma avaria. Os problemas mais comuns do ar condicionado estão associados a erros do sistema elétrico ou à falta do gás (que é causada por uma fuga no circuito), sendo esta última causa a mais habitual. Não se esqueça: qualquer manutenção deve sempre ser feita por um técnico especializado.

Para garantir o bom funcionamento do ar condicionado, deverá ligá-lo todas as semanas para garantir que o sistema se mantém oleado e, sobretudo, para promover a circulação do gás.

Veja também: