Publicidade:

Como armazenar vinho depois de aberto?

Descubra aqui como armazenar vinho depois de aberto, por quantos dias o pode guardar e se deve, ou não, mantê-lo na garrafa.

Como armazenar vinho depois de aberto?
Veja aqui dicas preciosas

Não, não é mito – o vinho perde de facto qualidade passado algum tempo de ser aberto e esse facto é inevitável. Aquilo que podemos fazer é tentar atrasar esse processo de deterioração recorrendo a alguns utensílios auxiliares e a algumas técnicas. Quer saber como armazenar vinho depois de aberto?

Tudo sobre como armazenar de vinho depois de aberto


armazenar vinhoFonte: Pexels/Licença cc0

Quanto tempo dura o vinho depois de aberto?

Antes de partirmos para as dicas específicas sobre como armazenar vinho depois de aberto, é importante perceber porque é que ele se deteriora e perceber, também, que os tempos de conservação variam consoante o tipo de vinho.

O que acontece é que o mesmo oxigénio que entra em doses mínimas através das rolhas fechadas e torna o vinho excelente, torna-se no inimigo no momento em que se abre a garrafa. Uma vez aberto o vinho e entrando o oxigêncio em grandes quantidades, há o processo de oxidação e é este o grande responsável por aquele sabor a “estragado” e “avinagrado”.

Em média, e quando armazenado nas condições ideais, o vinho dura cerca de 3 dias, mas espreite o tempo ideal de cada tipo:

  1. Espumantes: 1 a 2 dias;
  2. Brancos leves e rosé – 3 dias;
  3. Brancos encorpados – 2 a 3 dias;
  4. Tintos leves – 3 dias;
  5. Tintos encorpados – 3 a 4 dias;
  6. Fortificados (ex: Vinho do Porto) – 15 a 20 dias.

Se, depois de ler isto, ficou preocupado por já ter bebido vinhos abertos bem depois deste espaço temporal, descanse – eles não vão fazer mal à sua saúde; simplesmente perdem a sua frescura, qualidade e travo intenso.

Saiba como armazenar vinho depois de aberto

Uma vez percebida a diferença de durabilidade entre os diferentes tipos de vinho, podemos avançar algumas das principais dicas de como armazenar vinho depois de aberto:

  1. Guarde o vinho no frigorífico, sempre tapado (para evitar que entre muito ar para a garrafa). O ideal é que use tampas especificamente compradas para o efeito;
  2. Evite guardar a garrafa na porta do frigorífico: sempre que o abrir o vinho vai ser agitado e assim oxidar ainda mais;
  3. Evite guardar o vinho deitado – a posição vertical é sempre a ideal, pois é a forma de haver o menor contacto com ar possível;
  4. Existem alguns sistemas profissionais de vácuo que pode utilizar nas garrafas de vinho e que conseguem preservá-lo até uma semana – cabe a si fazer as contas e ver se compensa o investimento;
  5. Um outro sistema existente é o de gás, em que um aparelho profissional cobre o líquido com um gás mais pesado que o oxigênio, formando uma camada protetora entre o vinho e o ar.

Agora que já sabe como armazenar vinho depois de aberto, passe a palavra aos amigos. E nada de deitar fora vinho! Afinal, ele pode sempre ser aproveitado para fazer cozinhados, por exemplo.

Veja também: