Arrendamento com opção de compra: tudo o que precisa de saber

Quando a opção de compra de casa não se pode concretizar de imediato, opte pelo arrendamento com opção de compra: saiba tudo sobre este tipo de negócio.

Arrendamento com opção de compra: tudo o que precisa de saber
Um negócio híbrido para agradar a vendedor e cliente

Encontre aqui a sua nova casa O mercado imobiliário tende a adaptar-se às necessidades dos clientes e tem sido evidente, nos últimos anos, a procura de uma solução que passe pelo arrendamento com opção de compra, já que nem sempre comprar casa no imediato é fácil: quer porque os compradores têm menos facilidades em conseguir crédito à habitação, quer porque as incertezas quanto à profissão acarretam dúvidas e inseguranças. 


Arrendamento com opção de compra: um negócio com vantagens


O que é o arrendamento com opção de compra?

Este tipo de negócio é uma modalidade mista em que tem como objetivo final a compra da casa, mas que contempla um período inicial de arrendamento.



Vantagens para o inquilino

O comprador/inquilino neste tipo de negócio tem, como principal vantagem, poder habitar a casa que quer comprar enquanto ainda não tem as condições ideais para a aquisição do imóvel. Assim, ganha algum tempo para juntar dinheiro ou para reunir as condições para conseguir crédito bancário e efetuar o negócio de compra e venda.

Além disso, é uma grande vantagem que, após o término do período de arrendamento, a compra não seja obrigatória. Isto é, depois de terminar o prazo de arrendamento, se o inquilino não tiver conseguido as condições necessárias para proceder à compra do imóvel ,não é obrigado a fazê-lo. O mesmo se aplica caso o inquilino, por algum motivo, não tenha ficado satisfeito com a casa.



Vantagens para o vendedor

Este tipo de negócio pressupõe um período de arrendamento de um imóvel que, atingindo o seu fim, exige que o proprietário o venda ao inquilino caso ele o deseje. Para o proprietário que deseja vender o imóvel este tipo de negócio é vantajoso, pois apesar de não existir a obrigatoriedade de o inquilino efetuar a compra no fim do período de arrendamento, a verdade é que as hipóteses de venda são, assim, mais elevadas. Além disso, este negócio permite que o proprietário consiga fazer dinheiro enquanto não vende a casa.


Arrendamento com opção de compra: características do contrato

Este tipo de contrato é realizado entre particulares e, por isso, pode contemplar todas as condições que se mostrarem vantajosas tanto para o inquilino como para o proprietário. O período de arrendamento é definido pelas partes interessadas. Embora não costume ultrapassar os dois anos, nada impede que o prazo seja mais longo se acordado assim entre as partes.

No entanto, pode concretizar-se a venda do imóvel antes do fim do prazo estipulado para o arrendamento, caso o inquilino manifeste essa vontade. É comum neste tipo de contrato que o proprietário defina que as rendas pagas durante o período de arrendamento sejam descontadas no valor total do imóvel, tornando assim o negócio mais apelativo para o potencial comprador e garantindo, de qualquer modo, um negócio interessante para o proprietário.

O documento propriamente dito para este tipo de contrato é apenas um contrato normal de arrendamento mas com mais algumas cláusulas que assegurem a possibilidade de compra no final do período de arrendamento.

Veja também: