As cidades mais baratas para viver

Apesar dos níveis de vida terem aumentando, de uma forma global, em vários sítios no mundo, a verdade é que ainda há cidades mais baratas para viver. Saiba quais.

As cidades mais baratas para viver
Saiba quais são as cidades no mundo onde ainda é barato viver

O mundo, analisado de forma genérica, é um lugar onde existem muitos contrastes sociais e muitas diferenças entre países, cidades, povos e culturas. A diferença entre os países é abismal e o nível de vida entre eles acaba por sofrer diferenças de base. Quais serão as cidades mais baratas para viver? Leia este artigo e descubra as 5 cidades no mundo onde é mais barato viver segundo o ranking divulgado este ano.


1. Karachi, no Paquistão

Esta bela cidade no Paquistão, conhecida também como a Cidade das Luzes, é considerada, nos dados de 2013, a cidade mais barata para viver no mundo inteiro. Os dados divulgados são transversais e revelam que tanto a alimentação, a habitação ou a gasolina são dos bens mais baratos do mundo. Ainda assim, também nesta cidade a média de salários é muito baixa, não ultrapassado os 180 euros. Se quiser alugar casa nesta cidade, pode encontrar apartamentos com a tipologia T1 por apenas 85 euros por mês. Se pensar em andar de carro, o preço da gasolina por litro ronda os 81 cêntimos.


2. Bombaim, na Índia

Outra das cidades mais baratas para viver está na Índia. Nombaim é uma cidade focada no comércio e no entretenimento e que se mantém com um nível de vida barato também pelo facto dos rendimentos das famílias serem baixos. Uma garrafa de água não chega a 20 cêntimos e para os fumadores os maços de tabaco não vão além de um euro e oitenta.


3. Nova Deli, na Índia

Em terceiro lugar no ranking surge mais uma cidade da Índia, Nova Deli. É a terceira cidade mais barata para se viver no mundo, sendo que aqui é tudo mais barato comparativamente com as outras cidades do mundo: o gás, a água, a electricidade, entre outros.


4. Catmandu, no Nepal

O Nepal é, tradicionalmente, um sítio barato para viver e talvez por isso a cidade de Catmandu surja em quarto lugar no ranking das cidades mais baratas para viver. Esta é uma cidade que tem como motor da economia o comércio e a indústria, sendo que o turismo também tem vindo a assumir um papel importante nos últimos anos. Apesar do ordenado médio rondar aos 120 euros, tudo nesta cidade é barato, principalmente a roupa.


5. Argel, na Argélia

A cidade de Argel já foi bastante cara para viver, mas nos últimos anos a quebra de salários fez com que também os bens de consumo diminuíssem. Actualmente na Argélia o preço da gasolina é um dos mais baratos do mundo a situar-se nos 22 cêntimos por litro. Comer em Argel também é muito barato, com refeições de rondam os 4 euros.


Veja também: