10 ideias de atividades pré-escola para estimular os mais pequenos

É certo e sabido que as crianças devem ser estimuladas. Siga algumas ideias divertidas de atividades pré-escola para fazer antes que as aulas comecem.

10 ideias de atividades pré-escola para estimular os mais pequenos
As aulas aproximam-se e não sabe como estimular o cérebro dos miúdos?

Costuma ser nesta fase das férias escolares que os pais começam a pensar em formas lúdicas e didáticas de entreter os mais pequenos em família. Sugerimos algumas atividades pré-escola que pode implementar no seu plano enquanto desfruta de um tempo bem passado.

Preparados? Aqui vão algumas ideias de como tornar o verão e a aprendizagem ainda mais divertidas.

Atividades pré-escola para este verão


Brincar ao ar livre

kids

Descobrir e explorar a natureza enquanto os mais novos aprendem algo sobre a vida dos animais, as plantas e as diferentes formas de vida que existem nos parques e jardins é uma boa desculpa para juntar a família.

Jogos de estratégia e quebra-cabeças

table game

Pense em jogos de tabuleiro, de estratégia e quebra-cabeças que impliquem algum raciocínio (não se entusiasme demasiado, sob o risco de se tornar aborrecido). Aqui vai uma ajudinha: há vários jogos tradicionais, muitos dos quais marcaram a infância dos nossos avós e vão, aos poucos, ficando esquecidos com o tempo, pelo menos no quotidiano dos miúdos. Não deixe que isso aconteça. Damas e xadrez são alguns deles.

Visitar museus

museu

Um dia fechado entre mais do que quatro paredes pode ser, afinal, bem animado e divertido. Descubra estes espaços com atividades e exposições que vão cativar os mais pequenos. Surpreenda-os com este tipo de atividades pré-escola e mostre-lhes que os museus são espaços interessantes para aprender mais sobre ciência, culinária, matemática, brinquedos, música, arte, etc. E o orçamento apertado não é desculpa, pois a entrada nos museus voltou a ser gratuita aos domingos e feriados.

Oficinas escolares

kids

Por falar em museus, alguns deles proporcionam oficinas escolares, sobretudo dirigidas aos mais pequenos, como é o caso da Fundação de Serralves, o Museu do Oriente, a Fundação Calouste Gulbenkian, a Fundação Portuguesa das Comunicações, entre outros.

Cozinhar

cook

Nunca é demasiado tarde nem demasiado cedo para aprender a arte de cozinhar. Aventure-se na cozinha e peça ajuda às crianças para fazer estas receitas que eles vão adorar. Se se saírem bem e tiverem um bom comportamento, pode compensá-los com estas gomas, que ainda por cima são saudáveis. E, já agora, o que diz sobre fazerem um piquenique juntos?

Ler

read

Se aceitou a sugestão do piquenique, aproveite para acrescentar mais esta dica de atividades pré-escola: estender uma manta e viajar, sentado ou deitado, pelo maravilhoso mundo da literatura infantil. Ou, por outras palavras, incentive as crianças a ler. A leitura estimula a imaginação, assim como a capacidade de expressão e comunicação escrita, e desperta a inteligência. Precisa de mais argumentos? Leia este artigo.

Escrever

write

E por falar em comunicação escrita… Eis mais um conselho para as crianças que já sabem escrever. Ponham ideias no papel e criem novas histórias. Ou, se preferir, os miúdos podem fazer um resumo de um dia que tenham gostado muito ou de um livro que tenham lido durante as férias.

Desenhar ou pintar

paint

Estimula a criatividade das crianças. Pode fazê-lo a desenhar ou a colorir. Quanto à primeira atividade, o desenho pode ser livre (tentar desenhar, por exemplo, uma determinada paisagem – uma boa forma de fazê-las sair de casa e olhar, com outros olhos, o mundo). Em relação à segunda, é também uma boa terapia para os adultos.

Praticar desporto

sport

Até as crianças querem estar em forma – essencialmente se isso implica mais competição entre os colegas no regresso às aulas. Além disso, a prática de desporto estimula o empenho individual e coletivo e ajuda a desenvolver capacidades físicas, relacionais e cognitivas.

Exercícios mindfulness para crianças

kids

Já ouviu falar em mindfulness? Saiba que pode aplicar esta prática, inspirada na meditação oriental, como uma forma de acalmar e aumentar a confiança (a sua e a dos mais novos, pois também há exercícios criados a pensar no bem-estar das crianças.

Os exercícios são muito simples e há vários estudos que indicam que o mindfulness para crianças, quando aplicado num contexto escolar, aumenta os níveis de otimismo, felicidade na sala de aula, compreensão, empatia e ajuda a resolver conflitos, o que leva à redução de casos de violência (física e verbal).


Veja também: