Conheça o bairro mais multicultural de Londres

Não é segredo que a capital britânica é cultural e socialmente vibrante e eclética, mas será que conhece o bairro mais multicultural de Londres?

Conheça o bairro mais multicultural de Londres
Arte, cultura e gastronomia para todos os gostos

Onde fica e como se chama o bairro mais multicultural de Londres? Dá pelo nome de Spitalfields e encontra-se no chamado East End da cidade. Pertence a Shoreditch, paredes-meias com a City, o coração financeiro da capital britânica.

Siga de metro por uma das várias linhas que param na estação de Liverpool Street, suba à superfície e, passados quatro ou cinco minutos a pé, terá chegado ao bairro de Londres que congrega a maior quantidade de pessoas de nacionalidades diferentes.

Um exotismo que se sente, desde logo, nos aromas e sabores dos cafés, dos restaurantes e dos mercados. Venha daí: vamos dar uma volta por Spitalfields e descobrir o que este bairro tem para nos oferecer.

Spitalfields: o bairro mais multicultural de Londres


Um pouco de história

Casas típicas de Spitalfields

O nome do bairro nasce do nome de um hospital e de uma abadia fundados naquela zona em 1197, “St. Mary’s Spittel”. É o coração do East End londrino, vindo de longe o seu caráter inclusivo e de acolhimento a emigrantes de vários pontos do mundo, notando-se no bairro um forte sentido de comunidade.

Muitas das casas do bairro mantém o traçado típico trazido pelos “hugenotes”: os franceses protestantes perseguidos a mando de Luís XIV, no século XVI, e que aqui se refugiaram.

No século XIII, muito perto da abadia, começou a organizar-se o mercado de Spitalfields, o mais antigo mercado de Londres, que ainda hoje tem um papel fundamental na dinâmica do bairro.

E ainda que durante muito tempo esta zona fosse assumidamente rural, depois do grande incêndio de Londres, em 1666, os comerciantes deslocaram-se em peso para aqui, nos limites da cidade.

Spitalfields

Dados oficiais dizem que em Londres vivem pessoas de 270 nacionalidades e se fala cerca de 300 línguas diferentes. Spitalfields é, com certeza, o bairro que mais contribui para esta rica e inspiradora miscelânea cultural, oferecendo alguma das mais coloridas e aromáticas artérias da cidade, onde não faltam lojas de marcas conceituadas e restaurantes incrí.

O que não pode perder em Spitalfields

Old Spitalfields Market

Old Spitalfields Market

Se gosta de deambular por lojas e mercados, descobrir produtos de design únicos, objetos exóticos ou perder-se de amores por artigos em segunda mão, Spitalfields é a direção certa.

No Old Spitalfields vai encontrar lojas de cadeias internacionais, algumas delas de luxo, como a da Chanel – só com perfumes e produtos de beleza da marca, a da Zadig & Voltaire ou a da Tag Heuer.

Spitalfields Market

Mas aqui há também uma área com bancas de marcas independentes e artigos em segunda mão, bem como uma zona de restauração com diferentes propostas, incluindo o restaurante “Taberna do Mercado”, do chef português Nuno Mendes.

Spitalfields Market

Spitalfields Market, Londres

Fica ao lado do Old Spitalfields Market e por aqui continua o desfile de lojas variadas, bancas de roupa e objetos vintage, e ateliers de designers promissores.

Como também dispõe de uma extensa zona de bares e restaurantes – incluindo um restaurante com estrela Michelin – é um dos principais pontos de encontro no East End para famílias e grupos de amigos.

Spitalfields Market

Brick Lane

Brick Lane, Londres

Também conhecida por Banglatown, é uma zona carismática de Spitalfields. É quase um pequeno bairro dentro do bairro, que nasce a partir da rua principal que lhe dá o nome e que concentra moradores e lojistas vindos do Bangladesh, da Índia e do Paquistão.

Os aromas e sabores que ali se podem sentir e provar não enganam: estamos na capital europeia do caril e, se aprecia comida picante, vai sentir-se em casa.

Comida indiana, Londres

Também aqui florescem mercados, nomeadamente aos domingos, com a rua a ganhar um dinamismo impressionante. Destaque para a zona de restauração do SundayUp Market, onde é possível saborear diversos práticos exóticos.

Feira de artigos usados, Brick Lane

Outra atração imperdível em Brick Lane é a Old Truman Brewery, que começou por ser uma enorme fábrica de cerveja e que hoje alberga um conceituado centro artístico e de lazer. Aqui também não faltam bancas de comida de vários países, desde o México à Tailândia, não esquecendo, claro, a Índia.

Grafitti, Brick Lane

Por último, não deixe de visitar as muitas galerias de arte em redor de Brick Lane. Nos últimos anos a zona tem vindo a ser ocupada por artistas e designers emergentes, que deixam as suas marcas também pelas ruas.

Se puder, faça uma visita guiada pelos grafitti e murais espalhados pela zona, alguns do enigmático Banksy.

Christ Church Spitalfields

Christ Church Spitalfields

Para um momento mais introspetivo, visite a Christ Church Spitalfields, uma igreja anglicana erigida no início do século XVIII. Fica na Commercial Street, na divisão entre a City e Spitalfileds, dominando a paisagem com a sua torre proeminente.

The Ten Bells

Bar The Ten Bells, Londres

O East End londrino era a área de atuação do famoso – não pelos melhores motivos – Jack, o Estripador. Para quem é fã de policiais e filmes de terror, há visitas guiadas sobre esta temática. Se preferir, pode apenas ficar-se por uma visita ao pub The Ten Bells, um bar cujas origens remontam ao século XVIII.

Segundo a crença popular, era um dos locais frequentados pelo misterioso assassino que semeou o pânico na cidade nos finais do século XIX. Atualmente, é um bar trendy, que serve uma enorme variedade de cervejas e petiscos a par de um programa de concertos e pequenos espetáculos.

O que não pode deixar de provar em Spitalfields

Pratos exóticos, Londres

Por fim, e uma vez que Spitalfields, para além de ser meca da cozinha bengali fora do Oriente, tem uma oferta gastronómica incrível, dizemos-lhe o que tem de provar quando lá for, assim como alguns restaurantes e bancas de comida de referência:

Pratos de caril – a provar sobretudo nas “curry houses”, o termo pelo qual são conhecidos os restaurantes especializados neste prato. O GunPowder é uma boa aposta, mas cuidado com o picante!

Frango Tikka Masala – outra especialidade indiana, que costuma ser deliciosa no Aladin Brick Lane. Neste restaurante, também servem bom caril.

Iguarias à base de pato – o The Duck Truck é o primeiro conceito de restauração que só serve pratos à base de pato. Estacionado na Lamb Street, é comida de rua no seu melhor, oferecendo, entre outras opções, sanduíches recheadas e suculentas.

Sanduíches de Bagels

Bagels – pães redondos adocicados que associamos aos Estados Unidos, mas que em Brick Lane são igualmente famosos. O melhor é provar e comparar os bagels das duas principais padarias da zona, que lutam acerrimamente por terem o melhor bagel da cidade: a Beigel Shop e a Beigel Bake.

Se vai a Londres em breve, não deixe de espreitar o nosso Roteiro de 3 dias na capital britânica.

Parta para esta viagem cheia de mundo com a TopAtlântico. Ver preços. >>

Veja também: