Bebé constipado: o que fazer?

O pingo no nariz e espirros constantes podem ser indicadores de bebé constipado. A constipação é muito comum, principalmente nos meses mais frios do ano.

Bebé constipado: o que fazer?
As medidas a tomar quando o seu bebé se constipa

A constipação é causada por diversos vírus. Sabe-se que existem mais de 200 tipos diferentes de vírus infetantes. É uma infeção das vias respiratórias: nariz, garganta e cordas vocais. Um bebé constipado consiste normalmente numa situação benigna e leve.
 

Bebé constipado: frequência

A constipação ocorre principalmente nos meses mais frios do ano e em crianças que frequentam escolas ou infantários. Uma criança pequenina tem habitualmente 5 a 8 infeções respiratórias por ano, principalmente nos dois primeiros anos da sua vida.

A sua via de transmissão é principalmente por via respiratória, através de tosse e espirros, mas também pode se adquirida através de contacto direto de pessoa a pessoa através das mãos. Os bebés exploram muito o mundo com a boca, por isso é muito fácil ficarem contaminados. 

O período de incubação do vírus é de 1 a 2 dias apenas. Para além disso, o seu período de transmissão é desde o primeiro dia antes até dois dias depois de todos os sintomas desaparecerem. Por isso é aconselhável não levar um bebé constipado ao infantário. Pode ir apenas dois dias depois de os sintomas desaparecerem para não transmitir a outras crianças.



Sintomas de um bebé constipado

  • A constipação no bebé começa com obstrução nasal, secreções nasais, espirros e por vezes tosse e febre baixa. 
  • O nariz pode ganhar cores avermelhadas.
  • A constipação pode causar dores de cabeça ao bebé pela dificuldade para respirar.
  • Alguns bebés podem também ter episódios de vómitos e diarreia. 
  • Os bebés respiram principalmente pelo nariz. Quando estão obstruídos com ranho no nariz isso pode levar a dificuldades na alimentação, irritabilidade ou mesmo dificuldade respiratória. 
  • Estes sintomas duram normalmente menos de uma semana.



Bebé constipado: o que fazer?

  • Deve manter o bebé sempre muito bem hidratado, através da ingestão de líquidos como água, chá ou leite.
  • Deve limpar o nariz com soro fisiológico ou com água do mar para bebé. Pode fazer várias vezes ao dia.
  • Deve fazer a aspiração do nariz do bebé com os aspiradores próprios para o efeito. Pode fazer várias vezes ao dia.
  • Se a obstrução for grande pode ter que recorrer a umas gotas descongestionantes nasais indicadas por um profissional de saúde. Estas gotas normalmente são aplicadas 3 vezes ao dia.
  • Pode administrar algum antipirético como o paracetamol.
  • Se a tosse for muita pode também fazer nebulizações com soro fisiológico para ajudar a hidratar.  
  • Não deve administrar antibióticos porque este matam as bactérias e não os vírus.

Veja também:

Raquel Pacheco Neves Raquel Pacheco Neves

Farmacêutica, Raquel Pacheco Neves é especialista na prevenção e no tratamento das mais variadas patologias, no que à farmacologia diz respeito. Com uma paixão especial pela puericultura, a promoção da saúde tem sido, desde sempre, o seu principal objectivo profissional.
O seu mais recente projeto é o portal Bébéu.