AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Brinquedos educativos: sugestões para a sua lista de prendas

Os brinquedos educativos estimulam a criatividade e o desenvolvimento social e cognitivo das crianças. Aprender brincando é um dos seus principais benefícios.

Brinquedos educativos: sugestões para a sua lista de prendas
A importância dos brinquedos educativos nos processos de aprendizagem

Brincar é uma atividade a partir da qual a criança aprende a se exprimir, a manipular objetos, a comunicar e a relacionar-se com os outros, para além de aprender a interpretar o mundo que a rodeia. A este propósito, os brinquedos educativos desempenham um papel fundamental no crescimento global da criança.
 
Na “Declaração Universal dos Direitos da Criança” (UNICEF, 20 de Novembro de 1959) lê-se que: “A criança deve desfrutar plenamente de jogos e brincadeiras, os quais deverão estar dirigidos para a educação; a sociedade e as autoridades públicas esforçar-se-ão para promover o exercício deste direito.”
 
Considere incluir na sua lista de prendas os brinquedos educativos. É uma prenda útil, tem muitos benefícios para a criança e é merecedora do valor do seu dinheiro.
 

Brinquedos educativos

 

Benefícios

Os brinquedos educativos são ferramentas de excelência nos processos de aprendizagem da criança. Apelam à ação, ao envolvimento com os objetos, pessoas e meio e, ao nível do seu valor lúdico, ajudam a criança a tomar decisões, a adquirir conhecimentos e, claro, a divertir-se. Contribuem para:
  • o desenvolvimento da coordenação motora;
  • o desenvolvimento de formas de expressão (a fala, por exemplo);
  • o desenvolvimento do raciocínio lógico e abstracto;
  • o desenvolvimento da capacidade de observação, exploração, e de comunicação com outros;
  • fomentar a curiosidade e a experimentação;
  • o desenvolvimento da imaginação;
  • a aquisição e assimilação de informação de forma lúdica;
  • despertar a criatividade e a competitividade.
 

Exemplos de brinquedos educativos no mercado e cuidados a ter na sua compra 

Os brinquedos educativos estão disponíveis nas lojas de brinquedos mais conhecidas. Na compra de brinquedos educativos deve ter em consideração se o brinquedo se adequa à faixa etária da criança e às normas de segurança da Comunidade Europeia (CE). A este respeito, propomos os seguintes brinquedos:
 

Dos 0 aos 2 anos de idade

berço

Nesta faixa etária as crianças começam a desenvolver uma atividade perceptiva baseada nos sentidos. Jean Piaget identificou esta fase como o estádio da inteligência sensório-motora, no qual ocorre um grande desenvolvimento intelectual. Aposte por isso em brinquedos coloridos, com textura, que emitam sons suaves – como a roca, o guizo e os mobiles - ou ainda em brinquedos que auxiliem a coordenação-motora e a associação de formas – os cavalinhos de balouço e os brinquedos que possuem peças grandes de encaixar e  alinhar – como os brinquedos educativos de madeira, artesanais, que cumprem muito bem este propósito.

 

Dos 2 aos 4 anos de idade

Brinquedos-educativos

Nesta faixa etária é importante deixar fluir a imaginação, desenvolver o raciocínio e trabalhar a coordenação motora-fina. Puzzles sem muitas peças, plasticina, instrumentos musicais, legos e brinquedos de encaixar mais complexos - com formas e tamanhos diversos, livros ilustrados, materiais de desenho de boa qualidade e variado.

 

Dos 4 aos 6 anos de idade

Brinquedos-educativos

Nesta fase são importantes os brinquedos que desenvolvam a memória, a associação de objetos a palavras (já a pensar na leitura) e jogos que, de forma lúdica, desenvolvam conceitos matemáticos. Puzzles mais complexos, jogos de memória, dominós, quadros multifunções, brinquedos que permitam a construção e desconstrução de formas, e insista nos materiais de desenho de boa qualidade e variado.

 

Dos 6 aos 11 anos de idade

Brinquedos-educativos

Os livros infanto-juvenis, os atlas geográficos, o globo terrestre, os jogos de tabuleiro, microscópios e binóculos. A partir dos 6 anos de idade os jogos educativos electrónicos são aconselhados.

Veja também: