PLANO DE SAÚDE MEDICARE - 6 mensalidades sem compromisso

Tudo o que quer saber sobre a bronquite asmática

A bronquite asmática é uma doença pulmonar que está a crescer todos os dias.

Tudo o que quer saber sobre a bronquite asmática
Quando as vias aéreas ficam estreitas e obstruídas

A bronquite asmática consiste numa doença pulmonar cada vez mais frequente pelo mundo. Caracterizado pela inflamação e obstrução das vias aéreas, a bronquite asmática causa, por isso, dificuldade de respiração.

A obstrução espalha-se desde o nariz, pela laringe, traqueia, brônquios e pulmões.

Muitas vezes a bronquite asmática é também chamada de asma, pela semelhança dos sintomas:

  • Dificuldade em respirar;
  • Sensação de que o ar não chega aos pulmões;
  • Tosse constante, mais acentuada no período noturno;
  • Pequenas quantidades de catarro, de cor transparente;
  • Sibilar no peito;
  • Pontas dos dedos e boca com cor arroxeada pela falta de oxigénio no organismo, tal como acontece durante um episódio de crise de asma.

De realçar que no caso de ter casos de bronquite asmática na sua família, passa a ter mais probabilidade de desenvolver a doença. No entanto, não se preocupe pois a doença não é contagiosa.

O diagnóstico deve sempre ser efetuado por um médico, de preferência da especialidade, que após a realização de alguns exames de auscultação e do teste de espirometria e da alergia poderá fazer um quadro de saúde correto.

 

Causas da bronquite asmática

A bronquite asmática desenvolve-se quando associada a alguma alergia respiratória que pode ser causada por diversos fatores externos como :

  • Pêlo de cães e gatos;
  • Locais com muito pó;
  • Locais com mofo ou humidade;
  • Locais muito frios, pois fazem aumentar os níveis de poluição;
  • Altos níveis de stress.
 

Crises de bronquite asmática

Então, em específico, o que acontece a uma pessoa que sofra de bronquite asmática? As nossas vias aéras estão revestidas por uma substância que se chama mucosa brônquica. Nos casos de bronquite asmática, essa mucosa fica inflamada e hiper-ativa.

Nas situações de crise a hiperatividade aumenta ainda mais e torna as vias aéreas mais estreitas, o que leva à tosse recorrente e à falta de ar.

É mais normal que a bronquite asmática surja na infânicia. No entanto, isto não invalida que ela possa surgir ao longo de toda a vida.

 

Tratamento

Nos casos em que a alergia que causa a bronquite asmática pode ser eliminada, existe cura para a doença.

Nos outros casos, é necessário recorrer a formas de atenuar os sintomas e os incómodos causados pela bronquite asmática ao longo de toda a vida.

O tratamento pode ser realizado recorrendo a medicamentos anti inflamatórios e que facilitem a passagem do ar. Exemplos desses são o Ventilam e o Symbicort, uma espécie de "bombinha" que se inala em situação de maior dificuldade a respirar. Esta bomba deve andar sempre consigo para o caso de necessidade.

Além disso, a fisioterapia pode ser um instrumento de recurso para atenuar os sintomas de bronquite asmática, uma vez que treina a capacidade respiratória.

Veja também: