Publicidade:

Conheça 5 dos cães mais caros do mundo

Os amigos de quatro patas não deveriam ter preço, mas o apuramento de raças e a raridade de algumas conduz a preços elevados. Conheça aqui os cães mais caros do mundo.

Conheça 5 dos cães mais caros do mundo
Algumas raças são raras

Para amantes de cães como animais de companhia e fiéis amigos, colocar um preço parece ser algo de impensável. Deixando de pensar um pouco como um dono, se pensar como uma criador, faria parte de um mercado que pode lidar com preços exorbitantes e com os cães mais caros do mundo.

Os preços por animais variam de acordo com o apuramento da raça, a pureza dos descendentes, o próprios criador e a raridade de determinados tipos de cães que, muitas vezes por razões históricas, sociais ou até ambientais, foram-se tornando mais raros.

Cães mais caros do mundo: 5 exemplos

1. Mastim Tibetano

ALT mastim

Este animal foi considerado o exemplar mais caro dos últimos anos, depois de um cão da espécie ter sido vendido a um criado por 1.6 milhões de dólares. São conhecidos por serem uma das raças mais protetoras do mundo e também uma das maiores.

Pode atingir os 80kg de peso e os 70 cm de altura. O Mastim Tibetano desenvolveu-se nas regiões montanhosas e climas rigorosos dos Himalaias, onde era responsável pela guarda dos rebanhos. Só surgiu na Europa no século XIX, pela mão do rei George IV de Inglaterra. O preço de uma mastim tibetano pode atingir os 7000 dólares.

2. Pharaoh Hound

ALT farao

Crê-se que esta raça teve a sua origem no Egipto Antigo, depois de terem sido encontradas imagens destes animais gravadas nas paredes das pirâmides. O “Cão do Faraó” recebeu assim o seu nome e terá sido levado mais tarde para as ilhas do Mediterrâneo e daí para o resto da Europa.

É um cão conhecido pela utilidade de caçador de coelhos e pela visão bastante apurada. São cães delgados, elegantes, bastante afetuosos e independentes. São bons cães alerta, pela sua personalidade desconfiada, e por isso precisam de algum treino social. Um exemplar do Pharaoh Hound ronda os 6500 dólares, tornando-o um dos cães mais caros do mundo.

3. Rottweiler

ALT rottweiler

Os Rottweilers, de origem alemã, já não são uma raça tão rara ou desconhecida como outras, mas não deixam de atingir preços exorbitantes no mercado. É um cão portentoso, de linhagem antiga, conhecido pela sua notável inteligência. A sua utilidade original era a de auxiliar os produtores de carne nas entregas e no pastoreio.

Recentemente são cães utilizados nas forças policiais e como cães-guia para pessoas invisuais. Naturalmente calmos e obedientes, os rottweilers começaram a ser pretendidos para funções mais físicas, recebendo treinos agressivos, contribuindo para o desenvolvimento deste tipo de característica na raça. Treinados, desde cedo, de forma positiva, tornam-se companheiros leais e protetores, excelentes com crianças. O preço de um Rottweiler puro pode chegar aos 6000 dólares.

4. Akita

ALT akita

O Akita é o cão japonês. São cães de médio porte. Foi sempre usado sobretudo para a caça de javalis, ursos e veados, pelo sua resistência física e instintos apurados. Sempre foi um preferido cão da companhia das famílias aristocráticas nipónicas. Apesar disso, e infelizmente, foi uma raça desenvolvida com o intuito de participar em lutas de cães.

Hoje em dia, a popularidade de cão fiel e companheiro leva-o a gozar de uma grande popularidade e a ser um dos cães mais caros do mundo. Tem um temperamento independente e dominante, e não é muito sociável. Deve por isso, ser treinado desde pequeno a conviver com pessoas da família e estranhos. Um Akita pode atingir os 4500 dólares.

5. Saluki

ALT saluki

Outro animal com uma história rica e bastante antiga, os Saluki devem o seu nome à cidade de Saluk que hoje faz parte do Iémen. Crê-se também que tenham tido uma grande importância junto da realeza egípcia, visto serem mumificados após a morte, enterrados junto dos faraós. São uma das poucas raças que os muçulmanos não consideram impuros, e por isso a venda é proibida por fiéis do Islão.

Este cão tem uma visão particularmente apurada, resistência física e um porte elegante. Também é conhecido como Galgo Persa. É um animal reservado que não gosta de estranhos, mas que se adapta muito bem a uma família. Um Saluki pode custar 2800 dólares.

Veja também: