As 4 características dos melhores alunos

Descubra quais são as características dos melhores alunos e implemente-as no dia a dia. Se quer deixar de ser um aluno mediano, há passos simples a seguir.

As 4 características dos melhores alunos
Com esforço e dedicação, também pode ser um bom aluno

No ambiente académico há uma certeza: a maior parte dos alunos tem notas medianas e apenas um seleto grupo consegue atingir notas altas ou máximas com frequência. Será por serem mais inteligentes? São “nerds”? Serão protegidos pelos professores? Ainda que as três situações possam acontecer, não são estes os único fatores que distinguem os bons alunos.

Na verdade, há 4 características dos melhores alunos que qualquer estudante pode adotar e é possível tentar implementá-las na sua rotina académica a partir de agora. Afinal, qualquer aluno, ainda que não admita, gostaria de ter destaque pelas boas notas no contexto escolar.

Não interessa qual é a sua personalidade, estilo de vida ou método de estudo. Aquele pequeno grupo de estudantes que tem sucesso no ambiente académico parece ter traços semelhantes e, acredite, eles não são assim tão difíceis de manter. Basta assumir alguma dose de iniciativa e é possível partilhar de algumas das melhores caraterísticas dos bons alunos. Neste artigo vai ficar a conhecer quais são e como pode inseri-las na sua rotina de estudos.

4 características dos melhores alunos

as-4-caracteristicas-dos-melhores-alunos

1. Os bons alunos estabelecem metas e querem impressionar

Esqueça o “passar de ano”. Os bons alunos querem ter sucesso, aprender mais e dominar os conteúdos. Eles estudam, questionam, praticam e criam debates acerca dos programas das disciplinas e, na altura de testar os conhecimentos, cobram muito de si próprios.

Em regras gerais, os bons alunos estabelecem as próprias metas e esforçam-se para alcançá-las. Com alguma força de vontade, procuram sempre os melhores resultados possíveis, valorizam o alto padrão e querem, de alguma forma, impressionar.

2. Os bons alunos são altamente focados

Não há dúvidas: quando o bom aluno tem um objetivo a cumprir, persistência é a palavra de ordem. Estes estudantes são focados nos resultados e traçam estratégias inteligentes para chegar à meta – ou seja, terem as melhores notas.

Quando falamos em alunos focados, estamos a traçar o perfil dos estudantes que não cedem às tentações e são capazes de manter o compromisso e a concentração nos estudos. Isto não quer dizer que vivam para estudar, não tenham vida social ou não pratiquem atividades de lazer. A diferença entre um  bom aluno e um aluno mediano é que o primeiro sabe estabelecer e respeitar os diferentes momentos, colocando de parte distrações – como os telemóveis, por exemplo.

Faça uma agenda e determine os horários semanais para estudar ou rever conteúdos. Nessas alturas, deixe os tablets e telemóveis de lado e vai ver que o seu rendimento será superior.

3. Os bons alunos assumem riscos

Seja ousado. Todos sabemos que para alcançar o sucesso – em qualquer área das nossas vidas – é preciso saber assumir riscos. Os bons alunos gostam de entrar em debates construtivos, trocar opiniões e conhecer novas posições sobre um determinado tema. Eles dedicam-se à evolução.

Muitas vezes, para ter um melhor desempenho académico, estes estudantes enfrentam atividades extracurriculares que possam oferecer ferramentas para aumentar o rendimento – e as notas, claro. Isso significa ter menos tempo para o lazer? Sim, mas com uma agenda organizada é possível ter sucesso, sem precisar abrir mão da diversão. Para isso, basta investir na melhor gestão do  seu tempo.

Que tal encontrar um grupo de estudos e participar em encontros de estudantes? Ainda que seja apenas por uma vez na semana, estar com outros alunos focados vai contribuir para que consiga estabelecer as suas próprias metas e evitar as distrações.

4. Os bons alunos inspiram as pessoas

Quem não admira um aluno com um bom rendimento académico? Aquele aluno que tem as boas notas, faz boas intervenções nas aulas e trabalha com criatividade para os projetos curriculares é, habitualmente, visto com admiração pelos colegas e professores. Não há como negar: os bons alunos são capazes de inspirar os outros.

Deixe de lado as inseguranças e procure entender como os melhores alunos trabalham para o sucesso. Aproxime-se, questione e perceba que eles podem atuar como boas referências, contribuindo com dicas de estudo, pesquisas e estratégias para os exames.

Preparados para o sucesso? Ter objetivos, afastar distrações, organizar a agenda de estudos e procurar aumentar os conhecimentos são alguns dos passos que pode começar a seguir desde já. Em breve, poderá ser o aluno que inspira as pessoas à volta. Questione-se acerca das suas metas e tome nota de onde está a falhar. Depois, basta colocar mãos à obra.

Afinal, estas 4 características dos melhores alunos não são tão difíceis de adotar, certo?

Veja também: