Carreira de técnico superior: o que é e para quem

Como consigo integrar a carreira de técnico superior e em que consiste? Vamos responder a estas questões.

Carreira de técnico superior: o que é e para quem
Uma das carreiras da função pública

Atualmente, existem no sistema de carreira da função pública três diferentes tipos de carreira: assistente operacional, assistente técnico e, finalmente, a carreira de técnico superior

Para cada uma delas existem especificidades, seja em termos de condições de acesso, de remuneração ou tipo de complexidade das tarefas a realizar.  Em situações muito específicas, em que um órgão ou serviço necessite de alguma função realmente diferente, pode ser criada uma carreira especial.


Carreira de técnico superior na função pública

 

Condições de acesso

No caso da carreira de técnico superior, é considerado o grau de complexidade máximo, ou seja, para ingressar nesta carreira, é exigido como requisito mínimo a titularidade de uma licenciatura ou um grau académico superior.
Pode ainda ser necessário realizar uma série de provas escritas que comprovem que o candidato possui os conhecimentos e competências solicitados (ex: textos de inglês, provas de conhecimentos específicos, entre outros). 


Posições remuneratórias

Na carreira de técnico superior existem atualmente 14 posições remuneratórias, sendo o montante mínimo no valor de 995,51€ e o montante máximo de 3364,14€. Estes valores foram revistos em 2009 e ainda não sofreram atualização desde então. 

Consulte aqui os restantes valores:
  • Posição remuneratória 1 - 995,51€
  • Posição remuneratória 2 - 1201,48€
  • Posição remuneratória 3 - 1407,45€
  • Posição remuneratória 4 - 1613,42€
  • Posição remuneratória 5 - 1819,38€
  • Posição remuneratória 6 - 2025,35€
  • Posição remuneratória 7 - 2025,35€
  • Posição remuneratória 8 - 2231,32€
  • Posição remuneratória 9 - 2437,29€
  • Posição remuneratória 10 - 2591,76€
  • Posição remuneratória 11 - 2746,24€
  • Posição remuneratória 12 - 2900,72€
  • Posição remuneratória 13 - 2900,72€
  • Posição remuneratória 14 - 3055,19€
  • Posição remuneratória 15 - 3209,67€
  • Posição remuneratória 16 - 3364,14€


Como ingressar na carreira de técnico superior?

Para conseguir aceder a esta carreira, é sempre necessário que abra um concurso público de acesso à carreira de técnico superior. Por vezes estes concursos são exclusivos para quem já esteja a exercer um serviço na função pública, mas outras vezes o concurso é aberto a todo o público que se queira candidatar, desde que cumpra os requisitos solicitados. 

Se reunir todas as condições solicitadas, segue-se um processo complexo de candidatura: geralmente por carta registada, com fotocópia de todos os documentos solicitados. Seguidamente acontece uma fase de seleção através do Curriculum e só depois se iniciam os testes específicos e as entrevistas.

Geralmente, todos os resultados dos concursos públicos, e os da carreira de técnico superior não são exceção, são enviados por carta a cada um dos convidados e por vezes publicados nos respetivos sites. 

Veja também: