Receba no seu email todas as dicas sobre automóveis

Dicas, reviews, os melhores veículos do mercado, tudo no seu e-mail.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por e-konomista.pt e pelos nossos Parceiros

Enviar

Carrinha ou monovolume? Eis a questão

Entre estética e versatilidade ou entre carrinha ou monovolume a luta é renhida. Conheça as vantagens dos dois tipos de carroçaria e escolha a melhor para si.

Carrinha ou monovolume? Eis a questão
Conheça a melhor escolha para a família.

Quando a família cresce, se o orçamento o permite, o automóvel é das primeiras mudanças a ser feita. Havendo mais conforto financeiro podemos optar por um carro novo, contudo, quando o cinto aperta, os usados podem ser uma boa opção. As famílias numerosas, com três ou mais filhos, para conseguir levar toda a família e manter o conforto, só têm duas opções: carrinha ou monovolume.

Os dois modelos têm vantagens e desvantagens, por isso, vamos lá fazer uma viagem entre aquilo que separa e une as diferentes versões de carroçaria.
 

Carrinha

Esta versão assemelha-se mais à configuração de carroçaria mais vista nas estradas portuguesas: o automóvel, também conhecido como sedan. Esta configuração tem vantagens e desvantagens em relação aos sedan, no entanto não é isso que nos importa por agora. No duelo carrinha ou monovolume o primeiro ganha em alguns pontos, são eles:

1. Design
O aspeto das carrinhas é, por norma, mais apelativo já que deixam a funcionalidade para os monovolumes, podendo desta forma ser mais arrojados.

2. Potência
Nem todos os casos são iguais, mas, num plano geral, as carrinhas são projetadas para terem performances melhores, se as compararmos com os monovolumes. É mais provável que rasgue sorrisos maiores ao volante de uma carrinha. Se for um modelo mais desportivo junta o útil ao agradável.

3. Prazer de condução
No que concerne ao rolamento as carrinhas mostram-se mais elásticas permitindo uma sensibilidade maior em relação ao piso, aproximando-se dos sedan.

 

Monovolume

Apesar de as carrinhas serem mais apelativas a nível estético, há alguns monovolumes que, cada vez mais, nos despertam o interesse visual, exemplo disso é a nova Opel Zafira, que foi publicitada com um excelente anúncio de televisão relembrando a série House of Cards. Por outro lado, os monovolumes trazem a funcionalidade para primeiro plano sendo como um verdadeiro amigo das famílias.

1. Funcionalidade
Apesar de terem um plano de carga na mala tão baixo quanto as carrinhas, os monovolumes conseguem uma área de acesso maior tendo em conta o desenho da carroçaria. Também por serem, por norma, mais altos permitem que as viagens sejam feitas de forma mais confortável e com mais espaço para todos.

2. Visibilidade
Devido ao chassis em formato de caixote, que em nada é prejudicial, exceto na aerodinâmica, os monovolumes permitem uma maior visibilidade ao condutor, ajudando na prevenção de acidentes e consequentemente ajudam a ter uma condução mais cuidada.

3. Arrumação
Como o espaço interior é maior e tendo em conta o seu propósito, todos os espaços são aproveitados com pequenas zonas de arrumação, colocando a prática acima da estética.


Em suma, entre carrinha ou monovolume há algumas diferenças. A opção tem de ser tida consoante o que põe em primeiro lugar, versatilidade, estética ou performance?
Para a família a melhor escolha é a monovolume, mas com a carrinha consegue o melhor de dois mundos, havendo algumas cedências.


Veja também: