Peugeot 3008 é o vencedor do carro do ano 2017

O 3008 é o quinto modelo da marca Peugeot a ganhar o galardão de carro do ano na Europa.

Peugeot 3008 é o vencedor do carro do ano 2017
É o primeiro SUV a alcançar este estatuto na história do prémio europeu

O crossover Peugeot 3008 foi eleito o carro do ano de 2017 na Europa. O júri de 58 jornalistas europeus, de 22 países, rendeu-se ao estilo exterior do 3008, ao design interior e às prestações.

O SUV compacto francês arrecadou 319 pontos colocando em segundo lugar o Alfa Romeo Giulia (296 pontos) e em terceiro o Mercedes-Benz Classe E (197 pontos). Este prémio é sempre atribuído na altura em que se realiza um dos maiores eventos de automóveis da Europa: o Salão Automóvel de Genebra.

Carro do ano 2017: 5º Peugeot galardoado

O 3008 é o quinto modelo da marca Peugeot a ganhar o galardão europeu, depois do 308 ter sido vencedor em 2014, o 307 em 2002, o 405 em 1988 e o 504 em 1969. Ainda assim, o Peugeot 3008 consegue a proeza de ser o primeiro SUV a obter esta distinção desde a criação do troféu em 1964. No ano passado, o título de ‘Car Of The Year’ (COTY) foi atribuído ao Opel Astra. Em 2015, foi a vez do alemão Volkswagen Passat levar o galardão e em 2014 foi o Peugeot 308 que conquistou o troféu.

Jean-Philippe Imparato, diretor da marca Peugeot, diz estar particularmente feliz e orgulhoso pelo novo 3008 ter conquistado o prémio de Carro do Ano 2017. “Este galardão é o corolário de cinco anos de trabalho notável realizado pelas equipas da marca e do grupo’’, sublinha o diretor da marca Peugeot.

C

Peugeot 3008 é também carro do ano em Portugal

Em terras lusas o Peugeot 3008 também marcou o ano ao ter sido o escolhido como Carro do Ano em Portugal. No total, foram 15 os modelos candidatos ao prémio ‘Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal 2017’, promovido pelo semanário Expresso e pela SIC Notícias.

O SUV compacto francês é o vencedor do carro do ano em Portugal e na Europa, uma “dobradinha” que poucos modelos conseguiram fazer ao longo da história dos dois troféus. Desde que foi lançado o Peugeot 3008 já soma mais de 20 prémios e distinções.

A marca do leão destaca que a segunda geração do 3008 rompe com o passado com uma silhueta mais baixa e alongada, com uma estética elegante, que se pauta por linhas sofisticadas, uma linha de cintura elevada e rodas bem-dimensionadas. O novo SUV Peugeot 3008 é um automóvel que vai de encontro a clientes exigentes que procuram a diferenciação e novas experiências. Destaque para o i-Cockpit de última geração, que reinventa o posto de condução, proporcionando uma experiência mais intuitiva. Já o painel de instrumentos é um ecrã tátil de 12,3 polegadas de alta resolução.

A Peugeot garante que perto de 100 mil clientes já encomendaram o Peugeot 3008 na Europa, tendo 84% deles escolhido os níveis de equipamento de topo Allure, GT Line e GT. Este modelo é produzido em França, na unidade de Sochaux.

C

7 finalistas do Carro Internacional do Ano

1º    Peugeot 3008 (319 pontos)
2º   Alfa Romeo Giulia (296 pontos)
3º   Mercedes-Benz Classe E (197 pontos)
4º   Volvo S90/V90 (172 pontos)
5º   Citroën C3 (166 pontos)
6º   Toyota C-HR (165 pontos)
7º   Nissan Micra (135 pontos)

Dois troféus e uma nova marca para o grupo PSA

Este parece ser o ano de grandes notícias para o grupo Peugeot Citroën (PSA). Na mesma semana, que se conhece que o Peugeot 3008 já arrecadou mais um importante troféu europeu, como carro do ano, o grupo PSA anuncia que vai crescer ainda mais, com a compra da Opel. Os franceses da PSA ganham o estatuto do número dois do setor automóvel europeu, ficando atrás do grupo alemão Volkswagen.

A aquisição da Opel pela PSA marca o fim da aventura europeia da norte-americana General Motors e o início de um desafio para os franceses que assumem o controlo de uma marca que já passou por melhores dias. Para os trabalhadores da Opel passar de uma mão para outra acarreta sempre mudanças.

Apesar dos 257 milhões de euros de prejuízo na Opel, no ano passado, há quem esteja optimista que o português Carlos Tavares, CEO do grupo PSA, irá conseguir resgatar a fabricante alemã, tal como fez com o grupo francês. No Reino Unido, o grupo francês passa a controlar a marca Vauxhall, uma filial da Opel, que conta com duas fábricas.

Veja também: