5 cuidados a ter com um carro parado na garagem

Como qualquer máquina, os automóveis são fabricados para funcionarem de forma continua. Descubra os cuidados a ter com o carro parado por um longo período.

5 cuidados a ter com um carro parado na garagem
Quanto mais tempo, mais problemas vai ter

Ter um carro parado não é sinónimo de poupança. Muito pelo contrário, deixar o automóvel sem utilização por muito tempo pode trazer problemas em diversos componentes e levar a grandes despesas. Saiba que os travões, óleo, bateria, embraiagem e até o combustível costumam perder a qualidade ao fim de um período sem utilização.

Apesar dos avanços tecnológicos da indústria automóvel terem ajudado a ampliar a folga em relação aos problemas resultantes do facto de o carro estar parado, é aconselhável ir dando uma vista de olhos ao veículo. Quando o período for superior a um ano, acredite que o automóvel vai precisar de mais cuidados. Em tempos mais longos é importante que todos os lubrificantes, outro tipo de líquidos e combustíveis sejam retirados, pois os mesmos correm o risco de endurecer e estragar as peças.

Se não tiver estes cuidados pode vir a ser difícil recuperar as peças ou até mesmo substituí-las, pois todo o sistema pode ficar comprometido. Para que mais tarde não venha  a ter problemas com o carro parado na garagem por muito tempo, tome algumas precauções para manter a vida útil do veículo.

Componentes que mais se estragam com o carro parado

1. Bateria

A maioria dos problemas graves só começa a surgir depois de mais ou menos um mês do carro estar parado. Mas tenha em atenção que este período pode até ser menor, se o veículo ficar exposto à humidade ou ao calor. O principal problema, nesse caso, pode ser mesmo a bateria, que, se não estiver com carga máxima, pode ficar sem energia. Portanto, se vai viajar e deixar o carro parado na garagem o melhor é mesmo desligar os cabos da bateria.

2. Travão de mão

Outra das coisas que deve fazer é não utilizar o travão de mão para imobilizar o carro. Isto porque pode levar a que as sapatas do travão fiquem empenadas. O melhor é colocar uns calços nas rodas para evitar que o carro se mova. Convém também perceber se o local onde deixa o carro parado tem muita humidade. Se for esse o caso, as lonas de travão podem oxidar e colar ao tambor, fazendo com que as rodas traseiras fiquem bloqueadas. Antes de deixar o carro parado deve lubrificar os discos e tambores de travão.

3. Caixa de velocidades

No caso de veículos com caixa de velocidades automática, deve manter a caixa na posição P, enquanto nos carros com mudanças manuais deverá optar por engrenar a marcha-atrás. Para os automóveis que ficarem parados até seis meses sem utilização, o melhor é deixar um peso sobre o pedal da embraiagem para evitar que o disco da embraiagem cole.

4. Pneus

Os pneus devem ficar cheios acima do recomendado pela marca, assim a forma original será preservada. Caso o tempo de inativação do carro seja muito elevado, aconselhamos ao uso de cavaletes (ou algo semelhante) para levantar o veículo durante esse tempo.

5. Combustível

Sabia que o combustível tem prazo de validade? Após muito tempo armazenado o combustível perde as suas propriedades. No caso do gasóleo, o o combustível pode mesmo apodrecer. Se isso acontecer, convém retirar todo o conteúdo do depósito antes de deixar o carro parado pelo tempo que vai estar fora. Além do combustível, o próprio depósito pode apresentar problemas se o material usado for alumínio.

Veja também: