Os 10 carros antigos mais raros do mundo

Um carro antigo ou clássico é um veículo que não passa de moda, devido às suas características técnicas ou pelo facto de ser raro.

Os 10 carros antigos mais raros do mundo
Descubra alguns dos modelos mais emblemáticos

Os carros antigos ou clássicos são veículos de estrada que se movem através de um motor e têm, pelo menos, 30 anos de idade. A definição de carro antigo ou clássico pressupõe que se trata de um veículo que não passa de moda, devido às suas características como a qualidade, pelo facto de ter marcado a história de alguma forma, pela sua raridade e às vezes pela emoção ou carisma que criaram numa determinada época.

Para os colecionadores de carros antigos é um prazer juntar um determinado modelo à sua coleção, principalmente se for um clássico bastante raro (por terem sido produzidos poucos exemplares ou por ter sido um modelo de protótipo). Mas para que estes carros antigos sejam reconhecidos como históricos devem ser conservados e mantidos em condições corretas e evitar utilizá-los como meio de transporte do dia-a-dia.

Nos últimos anos, os preços dos carros antigos têm atingido valores nunca antes imagináveis, o que não parece ser um entrave para os colecionadores que querem ter modelos tão especiais na sua coleção.

Os carros antigos ou clássicos mais raros do mundo

1. Packard Panther

Packard Panther

Foram apenas produzidos quatro exemplares, em 1954, deste carro que tinha como objetivo ser um um protótipo dos futuros modelos da empresa. O Packard Panther tinha estrutura em fibra de vidro e luzes traseiras Clipper. Hoje, existem dois destes carros, sendo que um deles foi vendido em leilão, em 2006, por 335.148 mil euros.

2. Dodge Coronet Convertible

Dodge Coronet Convertible

É um dos carros desportivos americanos mais raros do mundo, tendo sido produzidos dois em 1967 e dois em 1970. Embora o Dodge Coronet Convertible não seja um modelo com um design extraordinário ou com características técnicas excepcionais, o facto de ser raro torna-o famoso.

3. Porsche 916

Porsche 916

É o modelo mais exclusivo de sempre da fabricante alemã e continua a ser um dos carros mais raros do mundo. Foram produzidos 11 exemplares, em 1972, e todos eram protótipos. Nessa altura, o Porsche 916 era o modelo da marca mais rápido e leve de sempre, atingindo uma velocidade máxima de 233 km/h. Atualmente, estima-se que ainda existam alguns Porsche 916 originais nas mãos de colecionadores, pois um deles foi vendido recentemente por 2,3 milhões de euros.

4. Talbot Lago Grand Sport

Talbot Lago Grand Sport

Entre 1903 e 1994, a fabricante Talbot passou pelas mãos de diversos proprietários, incluindo a Peugeot e a Chrysler. A empresa é conhecida por produzir veículos para utilização diária, mas também carros de Fórmula 1. Apesar de ter estado por diversas vezes à beira da falência, a Talbot produziu o Lago Grand Sport.

Lançado em 1948, o Talbot Lago Grand Sport tinha uma versão de corrida e uma de luxo, tendo sido produzidos apenas 12 carros na versão de luxo. É um dos carros antigos mais raros em todo o mundo e, por essa razão, o último Talbot Lago Grand Sport atingiu de 2,3 milhões de euros num leilão.

5. 1921 Helica de Leyat

1921 Helica de Leyat

Os meios de comunicação deram-lhe o nome “O pássaro sem asas”, no dia em que foi apresentado. O 1921 Helica de Leyat foi produzido em França e desenhado por Marcel Leyat, um fabricante francês de automóveis. Este modelo é mítico pelo seu design extraordinário e originalidade, pela velocidade que atingiam e pelo facto de não ter um motor normal, mas uma grande hélice que faz com que pareça um avião.

Foram produzidos 30 exemplares do 1921 Helica e todos os que ainda existem fazem parte de coleções privadas. Este modelo, se estiver em bom estado, está avaliado em 18,6 milhões de euros.

6. Tucker ’48

Tucker ’48

Também conhecido com Tucker Torpedo, tem o nome do seu criador: Preston Tucker. Este pequeno fabricante de automóveis apenas produziu 51 unidades deste modelo antes da empresa encerrar, em março de 1949, devido a uma acusação de fraude na bolsa.

Apesar de Preston Tucker ser considerado inocente em tribunal, não conseguiu recuperar a empresa. Por essa razão, os 51 exemplares do Tucker ’48 são raros, pois foram os únicos a ser produzidos. Hoje, um Tucker ’48 está avaliado em aproximadamente 1,1 milhões de euros.

7. 1954 Oldsmobile F-88

1954 Oldsmobile F-88

É o modelo de sonho de quase todos os colecionadores de carros antigos. O 1954 Oldsmobile F-88 foi construído em 1954 e tem um design elegante e luxuoso. Mas o que faz dele um carro tão atraente é o motor V8 de 250 cavalos e a carroçaria ser em fibra de vidro.

Foram produzidos quatro exemplares deste modelo e um está em exposição no Gateway Colorado Automobile Museum, nos EUA. Recentemente, um destes exemplares foi vendido em leilão por 3,2 milhões de euros.

8. Aston Martin Bulldog

Aston Martin Bulldog

O Bulldog, com um motor turbo V8, 5,3 L de 600 cavalos, tem um aspeto estranho, com as portas asa-de-gaivota, que faz lembrar o DeLorean da trilogia do filme “Regresso ao Futuro”. A Aston Martin produziu apenas 25 exemplares, em 1979. Em 2011, foi vendido um Bulldog por 1,2 milhões de euros.

9. Ferrari 250 GT Spyder Convertible

Ferrari

Um dos carros antigos mais raros e extraordinários é o descapotável Ferrari 250 GT Spyder, pois só existe um exemplar desta versão. O proprietário do Ferrari 250 GT Spyder descapotável é um colecionador de Nova Iorque, que se chama Bob Lee, e que comprou o carro em 1956 por 9500 dólares. Hoje, estima-se que o Ferrari esteja avaliado em 9,3 milhões de euros.

10. Rolls-Royce 15hp

Rolls-Royce 15hp

O Rolls-Royce 15hp é um dos carros mais raros, antigos e caros do mundo, pois foi um dos primeiros veículos fabricado por Charles Rolls e Henry Royce, em 1904, em Manchester, no Reino Unido. Foram apenas produzidos seis exemplares, mas só existe um que está em museus e exposições itinerantes pelo mundo. O primeiro veículo da fabricante de automóveis de luxo está avaliado para efeitos de seguro em 32,5 milhões de euros.

Veja também: