Carros bons e baratos: mito ou realidade?

Comprar carros bons e baratos? Sim, é possível, mas não descure alguns cuidados fundamentais. Vejas as nossas dicas.

Carros bons e baratos: mito ou realidade?
Onde encontrar e como escolher.

Na compra de um carro queremos sempre o melhor ao preço mais baixo, ou seja, um carro bom e barato.
 
Podemos optar por carros novos ou por usados. Como todos sabemos comprando um usado conseguimos mais pelo mesmo dinheiro.
Ora veja: com cerca de 10 mil euros consegue comprar um Smart ForTwo novo, contudo olhando para os usados as opções são muitas. Desde o Volvo V50, o Renault Mégane, o Ford Focus, entre muitos outros. Mas claro está, são carros com vários quilómetros e com alguns anos, contudo ainda estão aí para as curvas.
 

Onde comprar

Na procura de um usado há vários locais para os comprar.
Por um lado há os stands de usados que se encontram quando viajamos pelas estradas de Portugal. Verifique também os stands dos concessionários. Por vezes é possível encontrar bons negócios com viaturas de serviço.
 
Por outro lado, e com as novas tecnologias - que já fazem parte da família -, surgiram os sítios online de venda de automóveis, tais como:
 
São alguns exemplos que pode seguir. Estas plataformas são o método de eleição para os vendedores particulares.
 
Por fim, a importação pode ser uma boa opção.
FIQUE ATENTO:
Se quer receber mais notícias gratuitas como esta, basta registar-se no E-Konomista. Toda a informação sobre negócios actualizada ao minuto.
 

Como comprar

Não existe uma fórmula para encontrar carros bons e baratos, diz o senso comum que quando a esmola é grande, o pobre desconfia. Com este ditado em mente siga sempre alguns passos quando comprar um carro usado, já que com os sítios de venda online o risco de burlas é maior e o barato pode sair caro.
 

Cuidados a ter

  • Nunca faça nenhum pagamento, nem qualquer reserva sem nunca ter falado pessoalmente com o vendedor.
  • Agende a visita para ver o carro durante o dia, num bom dia de sol, se possível. Locais mal iluminados escondem defeitos que lhe podem trazer problemas no futuro.
  • Olhe bem para o carro: por norma os veículos são simétricos, se algo não está bem o carro pode ter estado envolvido num acidente, veja se há amolgadelas,  riscos na pintura, o estado dos pneus, pois estes fatores podem ser uma vantagem na negociação do preço.
  • Peça sempre para ver o interior do carro, pois este fator revela muito acerca dos donos anteriores. Nos carros há venda nos stands normalmente o interior está imaculado, por causa da limpeza de fundo e renovação do interior feito habitualmente.
  • O test-drive é algo que nunca deve prescindir, porque é com ele que percebe alguns problemas que o carro possa ter.
 
Tenha atenção também a gastos inevitáveis com o carro, desde medidas dos pneus, sabendo que há medidas mais caras que outras, o custo do seguro automóvel e também o valor do IUC (Imposto Único de Circulação), que, em carros com matrícula a partir de julho de 2007, tem valores muito elevados.
 
Veja também: