As 9 marcas de carros mais roubados

Ter o carro roubado talvez seja um dos maiores receios dos proprietários. Descubra as marcas que lideram as tristes estatísticas sobre carros roubados.

As 9 marcas de carros mais roubados
Em Portugal a maior parte dos carros são roubados em Lisboa, Porto e Setúbal

É frequente ouvirmos histórias de alguém a quem o carro foi roubado ou furtado. O prejuízo e a dor de cabeça para recuperar o veículo que foi levado tira o sono dos donos. Mas existem algumas marcas que são as preferidas pelos assaltantes. Confira quais são as marcas dos carros mais roubados por toda a Europa, incluindo Portugal.

As marcas alemãs parecem estar no topo das preferências dos amigos do alheio, com a Volkswagen (VW) a liderar as estatísticas. Nos dados divulgados pelos stolencars24 no final de 2016,  22% dos carros roubados na Europa, incluindo Portugal, pertencem à marca alemã VW. Logo a seguir, aparecem as marcas ‘premium’ Audi, BMW e Mercedes-Benz, todas alemãs.

Confirme se o seu veículo faz parte da lista das marcas de carros mais roubados e, não se esqueça, quando comprar um novo carro negoceie a oferta de um alarme.

Marcas de carros roubados na Europa

  1. Volkswagen
  2. Audi
  3. BMW
  4. Mercedes-Benz
  5. Skoda
  6. Ford
  7. Renault
  8. Toyota
  9. Seat

A estatística é realizada pelo site stolencars24 que fornece dados de carros roubados em toda a Europa e permite fazer a participação de um roubo sem qualquer custo , colocando o veículo numa base de dados internacional de carros roubados. O objectivo deste site é prevenir que quem compre um carro usado possa conferir se a viatura foi roubada na Europa. Caso se confirme que determinado veículo foi roubado, através deste site pode alertar o lesado.

Alemanha lidera maior número de roubos

Através deste cruzamento de dados é possível constatar que é na Alemanha que se regista o maior número de roubos de carros, surgindo logo a seguir a Áustria, Itália, Reino Unido e França.

Em Portugal, apesar de não haver dados por marcas de carros roubados a boa notícia é que o furto de veículos e o roubo de viaturas tem vindo a diminuir ao longo dos últimos anos.

Os últimos dados disponíveis do Relatório Anual de Segurança Interna (RASI), apresentados no final de 2016, avançam que o número de furtos de veículos motorizados desceu para 12.017 unidades em 2015, contra as 20.287 participações registadas em 2010. Em relação às viaturas roubadas o comportamento foi também decrescente, passando de 380 em 2010 para 158 em 2015.

Mais carros roubados em Lisboa, Porto e Setúbal

Existem algumas questões por responder em relação ao roubo de viaturas, como por exemplo, onde costuma acontecer, a que horas, quais são os principais meios de coacção utilizados, etc.

Segundo um estudo realizado pela Cartrack, empresa de recuperação e rastreamento de veículos roubados, com base em dados da Policia de Segurança Pública, no RASI e noutras fontes de segurança interna, os distritos mais afectados foram Lisboa, Porto e Setúbal, onde foram registados 70% dos roubos.

Em relação aos meses mais críticos, o estudo realça que de Janeiro a Julho são realizados 50% dos roubos. E as horas mais propícias para acontecerem os roubos são entre as 19h e a meia-noite.

Veja também: