AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Carta de agradecimento: O que deve fazer?

Gostou da entrevista e tem algumas dúvidas? Porque não aproveitar para enviar uma carta de agradecimento logo após?

Carta de agradecimento: O que deve fazer?
No seguimento da sua entrevista de emprego

Enriqueça o seu CV com um Curso de Inglês - 20 Aulas GrátisGrande parte das vezes, o feedback das empresas em relação a uma entrevista de emprego não é instantâneo. Dão a indicação de que irão ponderar e que voltarão a ligar dentro de determinado número de dias para comunicar a decisão. Sabe que terá de ter paciência e aguardar.

Pode também, ainda antes de sair da entrevista, questionar o seu entrevistador acerca da possibilidade de o contactar dentro de alguns dias para tentar obter notícias. Se o feedback dele for positivo, tem aí uma boa possibilidade de encurtar o seu tempo de espera, através do envio de uma carta de agradecimento.

Fazer o acompanhamento da sua entrevista de trabalho pode resultar num contrato de trabalho, pois ao demonstrar interesse vai valorizar a sua candidatura. No entanto, há que ter sempre em atenção que em todo e qualquer contacto com a empresa, quer seja por telefone, e-mail ou até mesmo carta, vai estar a ser avaliado.


Porque enviar uma carta de agradecimento?

Não é algo obrigatório, mas decerto que o seu potencial empregador iria ficar agradado com o gesto e com o interesse demonstrado no cargo ao qual se candidatou. Esta carta de agradecimento é mais eficaz durante as primeiras 48 horas após a entrevista. Depois disso pode não lhe ser muito útil, se a ideia é melhorar as suas hipóteses de ser selecionado.

No entanto, se quer utilizar essa carta para causar uma impressão positiva convém que o faça bem. Tenha em atenção as coisas que pode e deve fazer, bem como o que deve evitar:


Pode/deve fazer:

  • Ser profissional e formal ao longo da carta de agradecimento;
  • ​​Afirmar o seu interesse no cargo em questão;
  • Descrever, de forma clara e concreta, de que forma as suas capacidades podem beneficiar a organização;
  • Agradecer o tempo dispendido durante a entrevista ao entrevistador;
  • Esclarecer dúvidas que tenham surgido após a entrevista;
  • Debruçar-se sobre alguma questão que tenha sido referida na entrevista e sobre a qual ache pertinente falar;
  • Mostrar interesse pelo trabalho e sobre a empresa, bem como sobre a possibilidade de vir a ser contratado. 


A evitar:

  • Pressionar o entrevistador acerca do cargo em questão;
  • Redigir com erros ortográficos;
  • Enviar a carta de agradecimento uma semana ou um mês após a entrevista;
  • Ser demasiado genérico;
  • Estar demasiado confiante (o emprego ainda não é seu!); 
  • Alongar-se demasiado na carta de agradecimento. 

Se não tem vontade de enviar uma carta de agradecimento, não o faça. Não vale a pena enviar só “por enviar”. Ou o faz com cuidado e gosto ou o entrevistador irá notar e, muito provavelmente, o gesto não irá beneficiá-lo minimamente.

Ah, e claro... Se foi entrevistado por várias pessoas, nem pense em escrever uma única carta e enviar, a mesma, para todos os entrevistadores!
 

Conselhos sobre como subir na carreira, com a Newsletter do E-Konomista


Veja também: