Cartão de Crédito – Evite despesas desnecessárias

Um cartão de crédito permite ter sempre as contas em dia, no entanto, é importante ter alguns pontos em atenção como a anuidade, a taxa de juro, limites de pagamento, etc. Se respeitar algumas pequenas regras, vai ver que um cartão de crédito é bastante vantajoso, mas sempre utilizado com muita precaução. Evite surpresas desagradáveis e usufrua livremente do que um cartão de crédito lhe pode proporcionar.

Cartão de Crédito – Evite despesas desnecessárias

Normalmente, a adesão a um cartão de crédito é feita com o intuito de facilitar o pagamento de determinados serviços, como por exemplo, viagens; e de crédito temporário enquanto aguarda o pagamento do salário.

 

Opte pelo pagamento a 100%

Uma forma de não gastar muito com o cartão de crédito e assim não fugir ao seu orçamento mensal será optar pelo pagamento a 100%. Pode fazer isso na altura em que assina o contrato, assinalando essa opção e assim terá que devolver o que gastou no prazo de 20 a 50 dias, e portanto, desta forma, não paga juros.

 

Se não assinalar a opção de pagamento a 100%, o banco pode definir uma percentagem inferior (20%, 50% ou 75%, por exemplo) e acumula juros sem necessidade.
Pelo facto de escolher esta modalidade pode assim mesmo, pedir para dividir uma despesa de maior volume em tranches, se em algum momento vir que é necessário.

Ao escolher o pagamento a 100% tenha o cuidado de também optar por um produto sem anuidade. Por norma, a maioria tem a anuidade gratuita no primeiro ano, no entanto, opte pela anuidade gratuita no primeiro ano e seguintes. Os mais aconselháveis são os da gama classic que são os mais baratos e mesmo os da gama Gold também já consegue encontrar sem anuidade e com pacotes de seguros abrangentes.

 

Cash-back

Se é um utilizador assíduo do cartão de crédito, escolha o que oferecer a taxa de juro mais baixa e se tiver cash-back melhor ainda. O Cash-back significa que as instituições financeiras devolvem parte do dinheiro gasto em compras feitas com o cartão, o que é vantajoso pois assim compensa o valor de juros que poderá eventualmente ser cobrado.

 

Conta-ordenado

Em vez do cartão de crédito também pode optar por uma conta-ordenado que tem um crédito autorizado, na maior parte das vezes, com um limite de crédito no valor do vencimento mensal. Terá é que se informar se existe algum prazo em que não paga juros e se assim for, se a taxa de juro for atractiva, por exemplo, na ordem dos 11%, pode ser uma alternativa a um cartão de crédito.

 

Muitas pessoas têm aversão a cartões de crédito devido ao receio de perda, roubo ou fraude, mas há que reconhecer que se trata de um meio de pagamento muito prático e até mais seguro pois assim já não há a necessidade de andar com muito dinheiro na carteira. É que se perder o cartão contacta o banco e cancela o mesmo. Se na carteira tiver uma soma considerável de dinheiro e for assaltado ou a perder, nunca mais recupera esse valor.

 

O uso do cartão de crédito pode ser bastante interessante se existir um rigor nas contas e uma gestão impecável do dinheiro, de forma a evitar gastar mais que o necessário e mesmo assim ter uma grande flexibilidade financeira.

 

Também lhe pode interessar: