6 dicas para escolher centros de estudos idóneos

Decidir-se pelo curso não basta. Quer saber como escolher a melhor escola para fazer uma formação profissional? Temos 6 dicas para si. Fique atento.

6 dicas para escolher centros de estudos idóneos
Escolha o sucesso

Está a pensar no futuro profissional? Quer investir numa formação profissional? Pensa mudar de carreira? Se tem vontade de aventurar-se na construção de uma nova profissão e quer reunir todo o conhecimento técnico e prático que puder, está na altura de conhecer as ofertas de cursos disponíveis para si. Já anda a pensar no assunto? Então, vai querer ler este artigo e entender mais sobre a importância de escolher centros de estudos idóneos e que têm presença física em todo o país.

A escolha da instituição onde vai depositar a confiança para a formação profissional deve ser uma decisão estudada e bem pensada, devendo incluir uma análise detalhada. Neste artigo, vamos ajudá-lo a encontrar um conjunto de critérios que deve ter em conta na altura de optar pela escola em que vai confiar. Tome nota.

A importância de escolher o melhor centro de estudos

curso-profissional

Listamos para si 6 pontos que deve considerar na altura de escolher um centro de formação profissional idóneo e em que pode confiar.

1. Prática e teoria lado a lado

Se o objetivo é construir um percurso profissional, deve ter em conta que a prática – a par da teoria – é essencial para reunir as condições necessárias ao profissional que vai ingressar no mercado de trabalho.

Antes de optar, pare e pense: quer encontrar uma área nova para trabalhar, adquirir ou melhorar competências profissionais, ou apenas dedicar algum tempo ao seu hobby? Defina os seus objetivos. Se a ideia é conquistar uma carreira, escolha uma escola que ofereça cursos mistos (prática + teoria) com foco na especialização para a inserção no mercado de trabalho.

2. Procure pelas especializações

No mundo profissional, há tanto por onde seguir e, cada vez mais, o mercado exige profissionais especializados em funções muito particulares. Por isso, na hora de escolher a escola onde vai fazer a sua formação profissional, procure por instituições que entendam do assunto e ofereçam não apenas cursos gerais. Escolha aquelas que priorizam e dão foco às mais diversas atividades de uma mesma área.

Sabe que quer fazer turismo, mas já parou para pensar que pode especializar-se para ser rececionista de hotel ou para dominar tudo sobre as unidades e práticas mais relacionadas ao universo rural? Ou, sob um novo ângulo, adora as novas tecnologias e já sonhou trabalhar com técnicas de design e multimédia? Então, saiba que pode ser um especialista em Marketing Digital, Web Desig ou na produção de conteúdos multimédia.

Entenda que é essencial perceber qual é a direção que quer seguir. De seguida, procure por uma escola que vá de encontro aos seus objetivos e planos para o futuro.

3. Disponibilidade e duração do curso

Neste ponto, a nossa dica é começar por definir que nível de formação pretende ter. Avalie a suas necessidades e objetivos e opte por escolas que ofereçam uma especialização à medida da sua disponibilidade e dos seus planos futuros.

Os cursos profissionais podem ser ótimas opções para quem está determinado a conseguir uma especialização qualificada e reconhecida no mercado de trabalho – e, ainda que sejam mais curtos do que os cursos superiores, esses programas reúnem uma grande carga de informação essencial.

4. Reconhecimento e valorização da escola

Qualidade e reconhecimento são alguns dos factores que devem ter mais peso na altura de escolher o curso e a escola em que vai apostar. Procure por instituições bem avaliadas pelos alunos, bem recomendadas por profissionais da área e que tenham um histórico de valorização no mercado de trabalho. Procure saber, por exemplo, se a escola oferece estágios formativos, aulas práticas, acompanhamento educativo e parcerias com empresas de relevo no sector.

5. Recomendações

Uma boa recomendação vale mais do que muitas informações oficiais das escolas. Verifique a reputação da instituição junto de alunos, ex-alunos e colaboradores. Procure por testemunhos e opiniões de quem já viveu a experiência. Desta forma, está a pesquisar escolas, mas também acaba por fazer contactos profissionais desde cedo.

6. Escolha centros de estudos idóneos e que têm presença física em todo o país

O nosso conselho é optar por uma escola qualificada, reconhecida no mercado e que tenha uma forte presença no sector do ensino profissional a nível nacional. A margem de enganos é menor e pode contar com uma formação que faz a diferença no seu currículo.

A Master.D é um excelente exemplo de uma rede de escolas que tem presença física em todo o país, para além de oferecer as melhores ferramentas e plataformas que existem quando o assunto é apostar na formação profissional.

Conheça as escolas desta rede – que é líder no mercado – visite o centro mais próximo de si e decida-se pelo melhor para o seu futuro. Escolher um curso profissional pode não ser uma tarefa fácil, mas é muito mais simples quando estamos bem informados sobre o assunto.

Comece por escolher a área em que quer trabalhar e descubra quais são os seu objetivos para o futuro. Faça uma seleção de escolas qualificadas e analise cuidadosamente a sua disponibilidade, a metodologia de ensino, o plano de estudos e as recomendações. De seguida, basta investir na sua carreira de sonho.

Veja também: