As 5 cidades mais eco-friendly do mundo

Já imaginou como seria viver numa das 5 cidades mais eco-friendly do mundo? Pode ficar verde de inveja à vontade com as propostas que lhe vamos apresentar.

As 5 cidades mais eco-friendly do mundo
Para visitar ou viver, descubra as cidades mais sustentáveis

Desde ciclovias abundantes a mercados de agricultores prósperos para garantir um ar mais limpo, as 5 cidades mais eco-friendly do mundo reúnem esforços ambientais para ajudar o planeta, mas também os moradores.

De acordo com o Green City Index da Siemens, um projeto da Economist Intelligence Unit, as cidades mais eco-friendly possuem pontos fortes de sustentabilidade que as tornam um prazer de visitar e viver.

O top 5 das cidades mais eco-friendly do mundo

1. Vancouver, British Columbia

cabo

Em comparação com outras cidades do seu tamanho, Vancouver obteve boas emissões de C02 e qualidade do ar, devido em parte à ênfase dada na promoção da energia verde e do uso de energia hidroelétrica, de tal forma que Vancouver prometeu reduzir as emissões em 33% até 2020. Um compromisso que não surpreende os residentes, que destacam a harmonia entre natureza e cidade.

Enquanto outras cidades apostaram na construção de auto-estradas que promoviam a condução e expansão, Vancouver permaneceu comprometido com a vida urbana, como evidenciado pelo desenvolvimento de Granville Island, uma península de pedestres onde os moradores podem usufruir de um grande mercado público e estúdios de arte.

Mas muitos outros bairros de Vancouver são eco-friendly também: uma grande rede de ciclovias torna a circulação na cidade e periferia bastante facilitada, bem como a disponibilidade de scooters elétricas. Hotéis em Vancouver >>

2. Curitiba, Brasil

De todas as cidades do sul da América, apenas Curitiba obtém pontuação acima da média no ranking ecológico. Depois de construir um dos primeiros sistemas de transporte público em grande escala do planeta na década de 1960, a cidade apostou no desenvolvimento de um programa de reciclagem líder mundial na década de 1980.

Atualmente, a cidade do sul do Brasil continua a ser ambientalmente inovadora. Apenas beneficiaria de alguma revitalização e para isso foram elaborados projetos ecológicos como uma rede de 300 km adicionais em rotas de bicicleta. O problema está no financiamento: a vertente ecológica ainda não conquistou toda a gente. Hotéis em Curitiba >>

3. Copenhaga, Dinamarca

copenhaga

Apesar das cidades escandinavas de Oslo e Estocolmo estarem próximas, Copenhaga é a cidade mais verde da Europa. Quase todos os moradores vivem perto de transportes públicos (a uma estimativa de terem de percorrer no máximo 350 metros) e mais de 50% da população usa regularmente uma bicicleta para se deslocar. Como resultado, Copenhaga tem emissões de C02 extremamente baixas para uma cidade do seu tamanho.

Enquanto a cidade inteira é moto-friendly, os distritos de Norrebro no noroeste e Frederiksberg no oeste são dedicados especialmente ao ciclismo. Para isso, existem ciclovias rodeadas de abundantes parques, escolas e ruas seguras.

Os moradores de Copenhaga são ainda apaixonados pela reciclagem e compostagem, além de conservar eletricidade e calor, já que os dinamarqueses encaram a natureza como um refúgio sagrado e ajudam a preservá-la. Hotéis em Copenhaga >>

4. São Francisco, Califórnia

São Francisco está conotada como a cidade mais eco-friendly da América do Norte. A urbe tem uma longa história de consciência ambiental, que remonta à fundação do grupo ambiental Sierra Club no século XIX. Além disso, São Francisco tem uma taxa de reciclagem de 77%, uma das mais altas do mundo, tornada possível devido a ordens municipais que exigem a separação de materiais recicláveis e biodegradáveis do lixo comum.

É uma cidade que também aposta muito nas produções locais: muitos moradores preocupam-se com a origem dos alimentos e, como tal, privilegiam o consumo de alimentos dos produtores locais. Claro que para isso ajuda a panóplia de mercados de agricultores próprios, cada um com um carácter distintivo. Além disso, todos os bairros da cidade também são favoráveis à bicicleta devido à sua topografia plana. Hotéis em São Francisco >>

5. Cidade do Cabo, África do Sul

cabo

A segunda maior cidade da África do Sul está a ser alvo de alguns dos maiores avanços ambientais em África, em parte, devido à aposta num maior uso de recursos renováveis. Em 2008, a Cidade do Cabo começou a usar energia do primeiro parque eólico comercial do país e agora pretende obter 10% de sua energia a partir até 2020.

Esses esforços estão a transformar a vida na cidade: mais rotas de bicicleta, mais mercados de produtos locais e chefs de cozinha que privilegiam esse tipo de alimentos. Os moradores tendem a ter uma filosofia de “natureza ao ar livre” e aproveitam bem o facto de poderem utilizar as bicicletas nos transportes públicos, facilitando a deslocação pela cidade sem automóvel. Hotéis na Cidade do Cabo >>

É um privilégio visitar ou viver numa das 5 cidades mais eco-friendly do mundo. Já conhece alguma?

Veja também: