Cirurgia plástica e estética a crédito

A cirurgia estética ou cirurgia plástica deve ser considerada como um investimento na própria imagem. Para esta finalidade, o recurso ao crédito pode constituir a operação mais acertada.

Cirurgia plástica e estética a crédito
Invista na sua imagem. Veja como financiar.

Independentemente dos factores que possam motivar alguém a submeter-se a uma intervenção cirúrgica de natureza estética, quem está decidido a fazê-lo sabe com certeza que terá de desembolsar alguns milhares de euros.

Quem não tem dinheiro suficiente para suportar os gastos que uma cirurgia plástica implica dispõe agora de várias alternativas de financiamento.


Como posso financiar?

Em qualquer banco ou empresa de crédito poderá solicitar um crédito pessoal ao consumo, cujo destino não é necessário justificar, podendo usá-lo com esta finalidade. No entanto, alguns bancos disponibilizam já produtos específicos que permitem financiar este tipo de cirurgias. É, por exemplo, o caso da Caixa Geral de Depósitos (CGD). A Caixa tem à disposição dos seus clientes uma linha de crédito específica que financia intervenções no âmbito desta área da saúde. Trata-se da Linha de Crédito Pessoal destinada a necessidades clínicas de Cirurgia Estética, Plástica e Reconstrutiva.


Através do crédito pessoal cirurgia plástica pode fazer um pedido de financiamento para qualquer valor a partir de 1.000 euros com a garantia que lhe for mais conveniente, como fiança, penhor de aplicações ou mesmo hipoteca imóvel. Esta linha de crédito pessoal para cirurgia plástica permite-lhe ainda beneficiar de prazos alargados, até um máximo de 11 anos dependendo da garantia apresentada.

Relativamente às taxas de juro, é livre de optar entre a taxa de juro que melhor corresponde às suas necessidades, podendo ainda usufruir de reduções de acordo com a garantia contratada e da quantidade de produtos subscritos na CGD.


Esta linha de crédito apresentada pela Caixa obriga à subscrição de um pacote de seguros que inclui um Seguro de Vida, o qual garante o pagamento do empréstimo em caso de falecimento ou invalidez absoluta do segurado, Seguro de Protecção ao Crédito, que dá como garantia o pagamento das prestações em casos de baixa médica ou desemprego involuntário, e o Seguro Multi-Riscos, destinado a proteger a habitação, o cliente e o respectivo agregado familiar de eventuais riscos.



Veja também: