Como funciona a cobertura de quebra isolada de vidros?

A cobertura de quebra isolada de vidros pode dar muito jeito a não custa assim tanto. É uma opção atraente, mas é preciso escolher bem a seguradora

Como funciona a cobertura de quebra isolada de vidros?
Se a tiver, poderá reparar vidros a custo zero.

Nos vidros, um pequeno golpe pode vir a tornar-se num grande problema, que poderá pôr em risco quem está no interior do veículo. Quando fazemos o seguro automóvel podemos optar por ter cobertura de quebra isolada de vidros, que apesar de aumentar o preço do seguro pode vir a ser uma mais-valia quando os imprevistos acontecem. Mas, afinal, em que se baseia este tipo de cobertura?
 

Como funciona?

A cobertura de quebra isolada de vidros incide apenas sobre quebras isoladas, ou seja, quebras que não são derivadas de um acidente automóvel. Se estava a conduzir e uma pedra vinda de nenhures lhe partiu um vidro, a cobertura permite-o arranjá-lo a custo zero.

As seguradoras variam nas condições aplicadas sobre esta cobertura. Algumas têm um plafom – cujo valor varia - que não pode ser excedido ao longo do ano, enquanto outras têm além deste um limite de vezes em que a cobertura poderá ser utilizada. Em principio, apenas passará estas condições se tiver muito, muito azar. 

Tal como as condições da cobertura, os preços variam de seguradora para seguradora, e o melhor será fazer alguma pesquisa antes de tomar uma decisão acerca do assunto. A franquia é rara quando falamos nesta cobertura.

 

Como deve proceder?

Caso tenha um vidro partido que não resulte de um acidente, e que não seja por uma causa indefinida ou excluída pela apólice, pode usufruir da cobertura.

Normalmente, a utilização da cobertura de quebra isolada de vidros não agrava o contrato no ano seguinte, nem o obriga a ter de lidar com grandes complicações. Basta comunicar à maiscompanhia de seguros aquilo que se passou, e ir a uma empresa especializada na reparação de vidros. Como não precisa de grandes justificações, despacha o problema sem grandes dores de cabeça.

 

No caso de não ter a cobertura

Há vários seguros que vêm com a cobertura de quebra isolada de vidros incluída, sem ser preciso pagar nenhum extra, mas no caso de ter um seguro automóvel sem a cobertura, pode ainda reparar os vidros do seu carro a preço reduzido, dependendo da seguradora.

Tendo em conta a natureza frágil que vidros têm, e todo o tipo de coisas que lhes podem acontecer, pode ser boa ideia optar por uma cobertura como esta, visto também não representar um agravamento muito grande no prémio final do seguro. São uma parte do carro sensível, e com eles todo o cuidado é pouco.
Aproveite a promoção de Seguro Automóvel LOGO - Faça a simulação sem qualquer compromisso >> Veja também: