6 coisas para deitar fora… já!

Se olhar à sua volta vai descobrir que não faltam coisas para deitar fora. Nós dizemos-lhe quais.

6 coisas para deitar fora… já!
Livre-se do que já não precisa ou não está em condições

Mesmo que não se aperceba, durante o ano vai acumulando coisas e mais coisas. Muitas das quais não só não precisa, como são completas inutilidades que tem em casa. Aproveite as limpezas da época e use esta lista que fizemos para si de coisas para deitar fora já!

Coisas para deitar fora: a lista para iniciar a limpeza

1. Meias sem par

meias

Não há volta a dar. De quando em vez lá aparece uma meia perdida, sem par no meio de roupa lavada. E por mais que procure a meia desaparecida teima em não aparecer.

Pois bem, trate de dar uma volta à sua gaveta das meias e todas aquelas que estão solitárias, no meio de outras tantas emparelhadas, trate de as separar e colocar na pilha, cesto ou saco de coisas para deitar fora. Não vale a pena guardar algo que afinal de contas não vai voltar a usar.

2. Meias ou roupa interior velha e gasta

Continuamos com as meias e alargamos à roupa interior. Se estão rotas ou demasiado gastas, é altura de lhes dizer adeus.

3. Papel de embrulho e fitas decorativas usadas

Sim, há muito quem tenha a tendência de reaproveitar tudo o que é papel de embrulho e fitas decorativas de presentes que vai recebendo, na expectativa de re-usar em presentes que possa vir a oferecer. Ainda que a ideia seja boa, a verdade é que, na grande maioria das vezes, isso não acontece. Até porque atualmente é muito comum os presentes já virem embrulhados.

4. Medicamentos, maquilhagem e produtos de beleza fora de validade

make-up

Sim, todos os produtos de beleza e maquilhagem têm prazo de validade. Portanto, de tempos em tempos, há que dar uma volta à prateleira e ver todas a datas. Se não tiverem datas visíveis pesquise os tempos viáveis de utilização de cada produto e, se já os tiver comprado há mais tempo do que esse prazo, é altura de os incluir na lista de coisas para deitar fora.

Só para ter uma ideia, em média, a maquilhagem tem um prazo de um ano (no máximo). E já que está numa de limpeza, trate de verificar todas as datas dos medicamentos.

5. Acessórios de beleza que não usa ou estão danificados

Não há como negar. Todos têm momentos de impulso em que compram algo que depois não vão usar. Ou que simplesmente deixam de usar com o tempo (acontece muito com as malas de senhora, por exemplo).

A regra é simples: se não usa, deite fora (ou se preferir, e essas coisas estiverem em bom estado dê a alguém que use). A mesma regra aplica-se também a acessórios de beleza que estejam danificados (oxidados, por exemplo, o que acontece muito com bijuterias).

6. Cabides ou cruzetas danificados e que não use

cabides

Olhe bem para o seu armário e analise o estado dos seus cabides ou cruzetas. Se estiverem partidos, trate de os tirar do armário e deitar fora. O mesmo se aplica aos cabides das lavandarias, que dificilmente vai usar.

Veja também: