9 coisas que as mulheres devem saber sobre dinheiro

Quando o assunto é dinheiro, não faltam mitos sobre a gestão feminina. Conheça algumas boas ideias para se organizar melhor financeiramente. 

9 coisas que as mulheres devem saber sobre dinheiro
Gestos essenciais para uma boa saúde financeira

As mulheres têm fama de gastadoras, mas a verdade é que conseguem fazer autênticos malabarismos na gestão financeira. Descubra quais são os 9 mandamentos que todas as mulheres devem ter presentes para lidar melhor com o dinheiro.
 

1. A reforma tarda, mas não falha

É importante poupar para a reforma desde cedo e investir num bom PPR. Garantir estabilidade financeira nos seus anos dourados é uma preocupação que deve fazer parte da sua rotina, mesmo que ainda falte muito tempo para lá chegar. Uma boa métrica é poupar ou investir cerca de 15% do seu salário.

 

2. A organização é a chave de uma boa gestão

Seja num simples caderno ou com a ajuda das melhores apps de finanças pessoais, é essencial definir orçamentos e rastrear os seus gastos diariamente. Mantenha uma folha atualizada no Google Docs ou no Evernote, por exemplo, de forma a que não lhe escape nada.

 

3. Planear é importante

Seja para a semana, mês, ano ou década seguinte, para uma viagem, um carro ou uma casa nova. Possuir objetivos bem delineados é meio caminho andado para alocar e gerir da melhor forma os recursos financeiros necessários.

 

4. Definir prioridades, também

Numa gestão mais quotidiana, 50% do seu orçamento deve ser alocado a gastos essenciais: renda, contas, despesas com transporte, educação, saúde e alimentação. Mas o dinheiro não serve só para este tipo de obrigações, e é saudável usufruir dele para as coisas que mais gosta de fazer! Adote um estilo de vida correspondente a 35% do seu orçamento mensal disponível.

 

5. Na dúvida, não compre

Já dizia o ditado, ‘’quem guarda, tem’’. Por vezes é difícil resistir à tentação de comprar aquela peça de roupa que até está bem em conta. Mas gosta realmente dela? Combina com outras peças que já possui? Antes de gastar o dinheiro (mesmo que seja em algo barato), pense se quer mesmo comprar. Por norma, quando compramos sem certezas, arrependemo-nos em seguida, e há tantas oportunidades para gastar melhor o seu dinheiro!...

 

6. Vida a dois, conta própria

Mesmo que decida juntar os trapinhos e abrir uma conta conjunta, nunca se sabe o dia de amanhã. Mantenha a sua própria conta e os seus próprios objetivos financeiros, pouco importa se vive junto há dois meses ou está casada há 10 anos.

 

7. Cartão de crédito, sim ou não?

Sim. Deve ter um cartão de crédito por duas razões muito simples: primeiro, é um cartão de aceite em qualquer parte do mundo e pode valer-lhe numa situação de emergência; segundo, é a ferramenta ideal para ajudá-la a estabelecer um histórico financeiro credível que é, por sua vez, imprescindível na hora de pedir empréstimos, por exemplo. Saiba como escolher o cartão de crédito certo para si.

 

8. Documente o seu histórico financeiro

Guarde toda a sua informação financeira num único lugar: lista de contas bancárias, cartões de crédito, ações, empréstimos, apólices, PPRs, PINs e informe alguém próximo dessa localização, para que estes documentos possam ser acessados em caso de emergência.

 

9. O dinheiro é uma ferramenta, não um fim

Por último, sabemos que gerir as suas economias pode dar muitas dores de cabeça e que poupar com pouco dinheiro, por exemplo, nem sempre é fácil. O dinheiro é, no entanto, uma ferramenta ao nosso dispor, e não o contrário. Use-o com perspicácia, seja organizada, independente, fuja das dívidas e usufrua!


Veja também: