Publicidade:

9 coisas que não deve comprar no aeroporto

Se vai viajar em breve, saiba quais são os objetos, alimentos e serviços que não deve comprar no aeroporto, quer pelo preço, quer pela sua saúde.

9 coisas que não deve comprar no aeroporto
Como evitar custos extras nas viagens

Viajar de avião, seja por negócios ou lazer, é sempre uma aventura que não deixa de incluir, por vezes, longos períodos de espera em aeroportos. A tentação é grande, mas saiba que há coisas que não deve comprar no aeroporto, pelo simples facto de estar a desperdiçar o seu dinheiro.

Dentro das lojas dos aeroportos, os custos são exponencialmente mais elevados do que o seu preço ou valor reais. As lojas duty free têm as suas vantagens, sobretudo quando viajamos em regime low cost, mas mesmo assim há items que se podem evitar comprar.

Saiba como poupar dinheiro para a sua viagem ao evitar estas compras.

Eis 9 coisas que não deve comprar no aeroporto

1. Wi-fi

wifi

As boas notícias é que já muitos aeroportos têm redes de wi-fi gratuita e facilmente acessíveis, ou pelo menos apenas impõem um limite de tempo para a adesão ao serviço. Contudo, são ainda muitos os locais que cobram um valor exorbitante por hora passada a navegar na internet. Nos longos períodos de espera para embarcar, a tentação de navegar na internet é muita, mas tente tirar umas horas da internet para evitar gastos desnecessários.

2. Equipamentos electrónicos

powerbank

No seguimento do ponto anterior, equipamentos electrónicos são também algo a não comprar no aeroporto. Para evitar esquecimentos de última hora que o levam a comprar uma power bank ou uns auriculares, faça uma lista organizada para verificar se tem tudo o que precisa antes de sair de casa. Estes produtos chegam a ser 30% mais caros que nas lojas tradicionais.

3. Comida e bebidas

agua

Ninguém quer impedir o café ou o pequeno snack enquanto espera pelo embarque, mas evite comprar grandes refeições em aeroportos. Além de não serem nutritivos, provavelmente, estes pequenos snacks vão custar tanto como um pequeno-almoço numa confeitaria. Tente comer antes de passar as filas de segurança. Para evitar comprar garrafas de água, leve uma vazia na mala – não lhe é retirada e pode encher mais tarde.

4. Lembranças

souvenir

Além do preço elevado, não é muito especial comprar uma lembrança ou presente para um ente querido à última da hora, numa aeroporto.

5. Câmbio de dinheiro

cambio

Outra razão para ir prevenido antes de iniciar a sua viagem são as taxas de câmbio praticadas dentro dos aeroportos. A falta de oferta dos operadores leva a que haja taxas de câmbio elevadas. Acaba por ser mais rentável esperar por chegar ao destino e levantar dinheiro, essas taxas nos ATM não são tão altas como as verificadas nos aeroportos.

6. Medicamentos

medicamentos

Seja para os enjoos ou dores de cabeça provocadas pelas diferença de pressão atmosférica, mais vale ir prevenido do que gastar muito dinheiro dentro do aeroporto.

7. Alugar carro

alugar carro

A variedade dos stands de aluguer de automóveis nos aeroportos nunca é tão grande como fora deles. O preço praticado também é mais elevado.

8. Livros

livros

Este ponto tem vantagens e desvantagens. Por vezes, encontram-se verdadeiras pechinchas em livros tipo bolso, nos aeroportos. Mas provavelmente tem um conjunto de livros em casa, à espera de serem lidos, e uma viagem de avião é a oportunidade perfeita para o fazer, e poupar algum dinheiro.

9. Sacos de chocolate

chocolate

As lojas duty free são peritas em tentar o viajante para comprar apelativos (e enormes) sacos de guloseimas. O preço é realmente exorbitante e estes itens acabam por ser mais um a não comprar no aeroporto.

Veja também:

Júlia Rocha Júlia Rocha

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, sempre se deu bem com os livros, teclados de computador e canetas. A importância da palavra escrita num mundo tecnológico, aliada à história, ao cinema, literatura e televisão, são os seus maiores campos de interesse.