7 Coisas que não deve deitar fora

Só porque um coisa já cumpriu a sua utilidade não quer dizer que o deve deitar fora. Dê-lhes uma nova vida e poupe muito dinheiro.

7 Coisas que não deve deitar fora
Surpreenda-se com a utilidade de coisas tão simples.

Há coisas que não deve deitar fora porque é quase o mesmo que pegar num  maço de notas e chegar-lhe o fogo. Com um pouco de organização, para que não acabe com a casa cheia de lixo, estas coisas vão mesmo fazer a diferença no seu dia a dia. Tome nota.
 

7 Coisas muito úteis que não deve deitar fora

 

1. Tubos dos rolos de papel

Existem centenas de formas de reutilizar os tubos de cartão dos rolos de papel higiénico, cozinha, alumínio, vegetal ou película. São perfeitos para trabalhos manuais com os mais pequenos, para organizar gavetas e secretárias, para guardar cabos, pode fazer pequenas embalagens, para criar jogos, ajudam a decoração, consegue fazer presentes e até arte. Numa pesquisa rápida no Pinterest encontra muitas sugestões.

 

2. Rolhas de cortiça



Na lista de material para fazer os melhores projetos de trabalhos manuais, logo a seguir aos tubos de rolos de papel, estão as rolas de cortiça. É incrível a versatilidade deste pequeno objeto que serve para muito mais do que selar garrafas. De bases para quentes a tapetes de entrada, para revestir paredes, usar como cabides ou criar peças de decoração ou incríveis peças de arte. As possibilidades são mesmo infinitas, por isso, espreite no Pinterest e surpreenda-se!
 


3. Folha de alumínio

Quando foram lançados, os rolos de folha de alumínio foram apresentados como a solução para 1001 problemas na cozinha. Não sabemos se são assim tantos mas, pelo menos, é um material lavável pelo que pode ser usado muitas vezes. Além disso, não deve deitar fora as folhas que já não precisa porque pode:
  • remover resíduos: forme uma bola com a folha de alumínio e use-a para remover restos de comida e gordura de panelas, assadeiras ou grelhas.
  • limpar pratas: numa taça de vidro, forrada com papel de alumínio, coloque água a ferver e os seus objetos de prata, de seguida, adicione duas colheres de chá de sal e em minutos as pratas estão limpas.
  • afiador: se as tesouras e facas começam a ficar perras, corte uma folha de papel de alumínio com elas e ficam como novas. 
 
 

4. Embalagens de molhos

Falamos das embalagens de ketchup, mostarda ou maionese que, à partida, depois de vazias, vão para reciclagem. E se lhe dissermos que podem ser grandes aliadas na sua cozinha? É verdade! São perfeitas para dosear a massa das panquecas para a frigideira, para colocar a massa dos queques para as formas ou criar decorações nos bolos, por exemplo. Pode ainda reutilizar estas embalagens para colocar tinta e divertir-se a criar com as crianças. 
 

5. Frascos de vidro



Os frascos dos pickles, da comida do bebé, das salsichas, da polpa de tomate e mesmo as garrafas pequenas de sumo são coisas que não deve mesmo deitar fora porque são verdadeiros salva-vidas! Podem ser usados para organizar gavetas ou os condimentos na sua cozinha, para conservar compotas ou frutos secos, para servir bebidas em piqueniques. Enfim! Não deite fora os frascos de vidro, sim?

 

6. Restos de sabonete

Acontece a todos! Há sempre um pedacinho de sabonete que vai andar a passear pelo quarto de banho até que desaparece para as profundezas da terra não se sabe bem como. Pois bem, fique a saber que está a perder dinheiro! Guarde todos os bocadinhos de sabonete, num dos frascos de que falamos acima, para fazer uma nova barra de sabonete dentro de alguns meses (há várias receitas online).

 

7. Loiça partida

Loiça ou azulejos partidos vão fazer a diferença na saúde das suas plantas. Quando as plantas estão durante muito muito tempo em vasos, podem começar a apodrecer ou a ganhar mofo. É uma boa ideia elevar as raízes para melhorar a drenagem. Colocar uma camada de ladrilho feita com restos de loiça partida no fundo vai fazer toda a diferença. Não se esqueça de confirmar que os sobrepõe de modo a que o furo por onde sai a água não fique tapado.


Veja também: