10 coisas que não sabia sobre Madrid

Madrid é a capital europeia mais próxima de nós, mas será que sabemos tudo sobre a maior cidade espanhola? Descubra 10 curiosidades sobre a capital de nuestros hermanos.

10 coisas que não sabia sobre Madrid
A capital espanhola esconde muitos factos curiosos

História, cultura, arquitetura, gastronomia, movida noturna: a capital espanhola tem tudo isto em doses generosas e, sendo a maior urbe espanhola e a capital europeia mais próxima, é um destino muito procurado pelos portugueses, que parecem conhecer bem a cidade. 

Mas temos a certeza de que há sempre coisas que não sabia sobre Madrid, por muitas vezes que já lá tenha ido ou por muitos artigos de viagens que tenha lido. Fomos por isso à procura de histórias e factos curiosos acerca desta cidade cosmopolita e com muito salero. Venha daí!
 

10 factos curiosos sobre Madrid


A origem do nome

Madrid

“Madrid” é a evolução de uma palavra árabe, que por sua vez foi criada com base numa palavra anterior aos visigodos: “Matrice”. Esta queria dizer “madre de las aguas” e era o nome do local onde hoje se ergue Madrid, devido ao facto da cidade conter imensos canais subterrâneos, ligados ao rio Manzanares.

No tempo dos árabes, a palavra evoluiu para “Mayra” e posteriormente a influência ibérico-romana acrescentou-lhe o “it”, de lugar, dando origem a “Mayrit”, que viria a transformar-se em Madrid.
 


A loja mais antiga

A loja mais antiga de Madrid fica no nº 59 da Calle Mayor e chama-se Real Botica de La Reina Madre. Foi fundada em 1578 por um alquimista italiano, de Veneza, e foi a farmácia que forneceu a Casa Real Espanhola durante décadas. Ainda funciona como farmácia, mas o espaço, de elevado valor histórico, é um autêntico museu, guardando livros antigos e mais de 1500 receitas prescritas no antigamente, uma delas em nome de Miguel de Cervantes, o autor de D. Quixote.
 


O hotel mais antigo

Posada del Peine Madrid

O hotel mais antigo de Madrid foi também o primeiro hotel de Espanha, inaugurado em 1610 junto à Plaza Mayor. O curioso nome de Posada del Peine (Pousada do Pente), deve-se a uma tradição dos primórdios, em que se pendurava um pente numa corda em todos os quartos. Com 400 anos de história, continua em funcionamento e é hoje um dos hotéis de charme da cidade.
 


O outro nome dos madrilenos

Os madrilenos são muitas vezes apelidados de “gatos”. Isto porque conta a lenda que durante a invasão árabe um soldado cristão trepou os muros que cercavam a cidade com uma agilidade fora do comum, como se fosse um felino. Graças a esse feito, as tropas espanholas puderam reconquistar Madrid. O soldado ganhou notoriedade e prestígio e ficou conhecido por “gato”, assim como os seus descendentes.



O restaurante mais antigo

restaurante Sobrino de Botín Madrid

E retomando os estabelecimentos com mais história da capital espanhola, temos de falar no Sobrino de Botín, não só o restaurante mais antigo de Madrid, como também o mais antigo do mundo, registado no Livro de Recordes do Guiness. Abriu portas em 1725 na Calle Cuchilleros. Ernest Hemingway e Goya foram apenas alguns dos seus clientes ilustres, e ainda hoje serve comida tradicional espanhola. 
 


A rua mais curta

Talvez saiba que que a via mais comprida da capital espanhola é a Calle Alcalá, com cerca de 10 quiómetros. E a mais curta? Chama-se Calle de Rompelanzas e fica no centro da cidade, entre a movimentada Calle Preciados e a Calle del Carmen. Tem cerca de 20 metros de comprimento.
 


Neve em Madrid todo o ano

SnowZone Madrid

De entre as coisas que não sabia sobre Madrid, estamos certos de que esta é uma delas: sabia que é possível esquiar durante todo o ano na capital espanhola? Não no centro, é certo, mas no Snowzone Madrid, um parque de lazer e diversões a apenas 45 minutos do centro da cidade. Aqui vai encontrar o único complexo de pistas de esqui cobertas de Espanha e um dos maiores do mundo, que inclui um amplo centro comercial com lojas e restaurantes.

 

A estátua em honra de Satanás

Muitos defendem que a escultura, na foto de entrada deste artigo, é a única estátua no mundo dedicada ao diabo, o que é bastante duvidoso. Chama-se Ángel Caído (Anjo Caído) e pode ser apreciada no Parque del Retiro. Supostamente representa Lúcifer caído do céu e data de 1877. Mas o mais curioso sobre a escultura, é que se encontra implantada 666 metros acima do nível do mar. O número 666 é considerado o “número da besta” e esta coincidência tornou a estátua muito popular e muito procurada por motivos esotéricos.
 


Sobre o Estádio de Santiago Bernabéu

Estádio Real Madrid

O estádio que acolhe o Real Madrid está batizado em honra de Santiago Bernabéu, nascido em 1895 e falecido em 1978. Foi um futebolista, que para além de ter alinhado sempre pelo Real, tendo marcado cerca de 200 golos ao longo da sua carreira, foi também soldado, combateu na guerra civil espanhola e, após esta ter terminado, ajudou o Real Madrid a reerguer-se, tornando-se no mais importante presidente da história do clube. Foi Bernabéu que mandou construir o estádio, que comporta até 85 mil espetadores. 
 


Sobre o Real Madrid

E para terminar esta lista sobre coisas que não sabia sobre Madrid, seguem mais alguns detalhes sobre o clube onde joga Cristiano Ronaldo. Sabia que foi considerado pela FIFA o mais bem sucedido clube de futebol do mundo do século XX? Os jogadores do Real são conhecidos por “merengues” - parece evidente que o nome vem da cor branca da camisola, mas quem popularizou o termo foi um jornalista e relatador desportivo espanhol, Matías Prats Cañete.

"Vikings" é outro termo usado para designar os futebolistas do Real e há duas versões para explicar por quê: uma diz que é porque o clube teve muitos jogadores dinamarqueses nos anos 70; outra diz que foi o jornal inglês The Times que comparou a bravura do Real Madrid aos Vikings no Campeonato da Europa de 1959/60, em que foram os vencedores.

A torcida do Real Madrid Club de Fútbol é a segunda maior de Espanha, ultrapassada, em número de adeptos, pela do Barcelona. “Madridistas” é um dos termos utilizados para designar os fãs do clube.

Veja também: