5 coisas que só fãs de carros compreendem

Há coisas que cabem na cabeça de fãs de carros, mas que para outras pessoas parecem incompreensíveis. Neste artigo seguem alguns exemplos.

5 coisas que só fãs de carros compreendem
Ser fã é um posto.

Há certas coisas que só fãs de carros compreendem, sendo que por vezes nem vale a pena tentar explicar a outras pessoas o porquê. Cada um tem uma paixão que o move e, para milhares de portugueses, essa paixão gira em torno de máquinas que revolucionaram o estilo de vida moderno. O que éramos nós sem elas?
 

5 coisas que só verdadeiros fãs de automóveis entendem

 

1. O entusiasmo de ver um supercarro na rua

Vamos ser sinceros, verdadeiros fãs de carros chegam até a interromper conversas por irem parar a outra dimensão quando veem um supercarro a mostrar o que vale na rua. O espetáculo é raro, o que só faz com que seja ainda mais especial. Por vezes, quando a velocidade o permite, ainda dá para tirar uma ou outra fotografia.
 

2. Ter de ouvir os vizinhos por causa dos barulhos do carro

É difícil estar a ter de aturar os vizinhos por causa do barulho que o carro faz, seja por puxarmos por ele mais do que supostamente devíamos, seja porque fizemos algumas alterações ao nosso menino que não agrada assim muito aos vizinhos, especialmente à noite.
 

3. Estar sempre a pesquisar carros e peças

Para fãs de carros, estar sempre a pesquisar carros e peças não passa de empreendedorismo. Estamos não só a avaliar o mercado para sabermos qual o atual valor do quê, como também estamos a ver como podemos melhorar a nossa máquina sem termos de ficar com a carteira vazia. 

Além disso, é algo que nos permite ganhar conhecimento que, mais tarde, vamos poder usar para comprar e vender carros e ganhar algum dinheiro
 

4. O prazer de ouvir um motor a rugir

Para muitas pessoas um motor a rugir não passa de poluição sonora, mas para fãs de carros é muito, muito mais do que isso. É o culminar de dias de esforço e dedicação num som que demonstra que tudo valeu a pena. Afinal, todos gostamos de saber que fazemos um bom trabalho e de nos sentirmos como verdadeiros mestres, seja qual for o trabalho a ser feito.

Também lhe pode interessar:  Mudar o som do carro – como fazer?
 

5. A vontade de conduzir tudo o que tiver rodas

A vida é curta demais para usarmos o mesmo carro anos a fio, por muito bom que este seja. A vontade de ver o que mais há por aí não pode ser ignorada, nem que seja apenas para poder sentir tudo o que o mundo automóvel tem para oferecer. Este foi até um dos mandamentos da Top Gear para fãs de automóveis.


Veja também: