Publicidade:

Como aceder à sua informação privada no Facebook

É possível aceder à sua informação privada no Facebook e descobrir tudo o que a rede social sabe sobre si e sobre os seus amigos. Basta seguir alguns passos.

Como aceder à sua informação privada no Facebook
A privacidade no Facebook é um assunto que levanta muitas questões

A privacidade nas redes sociais tem sido um tema de eleição nos últimos anos. O “verniz” que acabou por estalar com o escândalo Cambridge Analytica. Mas o que é que o Facebook sabe sobre si e sobre os seus amigos? Que informações é que Mark Zuckerberg guarda que podem ser bastante relevantes em diversas ocasiões? Descubra aqui como aceder à sua informação privada no Facebook e controle as suas informações.

Como aceder à sua informação privada no Facebook: passo a passo


informação privada no Facebook

O Facebook continua a dominar o campeonato das redes sociais. É verdade, é difícil encontrar alguém que não faça parte deste mundo virtual. Mas será que consegue imaginar tudo o que o Facebook sabe sobre si? Sabe imensas coisas, como os seus relacionamentos, os locais que visita, os seus gostos musicais, etc.

Tem uma conta no Facebook há tanto tempo que já nem imagina a quantidade de coisas que esta rede social pode saber acerca de si? Não se preocupe, é fácil conseguir essa informação. E o que é que está incluído? É a própria rede social que o diz: publicações, fotos e vídeos partilhados, mensagens e conversas no chat, informações da secção “Sobre” do perfil e muito mais.

6 passos para aceder à sua informação privada no Facebook

Siga os passos e desvende tudo:

1. Aceder ao Facebook;

2. No canto superior direito, selecionar a seta que aponta para baixo e escolher “Definições” no novo menu que se abre;

3. Nas “Definições gerais de conta” é possível encontrar a opção “Descarrega uma cópia dos teus dados do Facebook” – escolha essa opção;

4. Selecione “Começar”, introduza a palavra-passe e carregue em “Começar o meu arquivo”;

5. O Facebook precisa de tempo para reunir toda a informação disponível, mas acaba por enviar a informação condensada num ficheiro em formato .zip para o e-mail;

6. Depois de fazer a descarga do ficheiro enviado, abra-o e carregue duas vezes no ficheiro Index.

facebook

O que vai encontrar ao fazer download dos seus dados no Facebook

Ao aceder à sua informação privada no Facebook, lembre-se sempre de que essa informação só está lá porque o utilizador ou os seus amigos a colocaram lá. Mesmo que não a partilhe com mais ninguém, é certo que partilhou com o Facebook. O Facebook só sabe o que é partilhado pelos utilizadores e nada mais – uma afirmação que tem tanto de verdadeiro como de óbvio. Por isso é tão importante ter cuidado com o que se partilha no Facebook.

Mas o que é que já contou ao Facebook desde que criou a sua conta? Mais do que pode pensar. Há imensas informações que à partida lhe são pedidas, como o nome, o local de nascimento, a residência, o e-mail… A lista é extensa e apenas uma pequena parte da informação que forneceu.

A verdade é que até um simples “gosto” pode dizer muito. Sempre que acede a uma página está a demonstrar ao Facebook que existe algo que lhe chamou à atenção nessa mesma página. Agora imagine que coloca um “Gosto”. Acabou de confirmar ao Facebook que tem um interesse pelo produto que essa página vende.

A partir desse momento, pode ficar à espera de recomendações de outras páginas ou de publicidade relacionadas com o produto de que “gostou”. É tão simples quanto isto.

Ao fazer download dos seus dados no Facebook pode descobrir que a rede social detém mais informação do que aquela que gostaria. Mas não haja precipitadamente: o remédio é simples, basta que filtre as partilhas que faz. Até porque há boas razões para não apagar o Facebook e diferenças entre eliminar e desativar a conta.

Faça bom uso da sua rede social e esteja sempre bem informado sobre o assunto.

Veja também:

Nuno Margarido Nuno Margarido

Jornalista formado pela Universidade de Coimbra, assume-se uma pessoa curiosa e até a mais simples engrenagem ou linha de código o fascina. Os seus interesses dividem-se por vários mundos, com destaque para a tecnologia, o gaming, o vídeo, a fotografia e o cinema.