Como cancelar um seguro automóvel?

Desde 2009 que a lei relativa às transferências ou anulações de um seguro automóvel mudou. Hoje em dia já é fácil cancelar ou transferir o seu seguro automóvel, basta informar-se bem como o deverá fazer.

Como cancelar um seguro automóvel?
Saiba como pode cancelar o seu seguro automóvel
  • Cancelar o seu seguro automóvel não é assim tão difícil. Saiba como o pode fazer

Um seguro automóvel é obrigatório para qualquer veículo. Hoje em dia existe uma vasta oferta de mercado que permite ao consumidor optar pelo seguro que mais se adequar ao seu perfil. De vários valores e com diferentes coberturas, os seguros para os automóveis têm vindo a modernizar-se, respondendo a muitas das necessidades crescentes neste sector. 


No entanto, não basta saber escolher bem um seguro automóvel. É importante ter outras informações, como por exemplo saber como poderá cancelar ou transferir o seguro que já tem.


Com a entrada em vigor, no dia 1 de janeiro de 2009, do novo regime de contrato de seguro, só poderá cancelar o seu seguro antes do fim do contrato se apresentar justa causa. Caso contrário, se não pretender renovar o contrato, deverá informar a companhia por escrito com 30 dias de antecedência antes da data de fim.


Como posso cancelar o meu seguro automóvel?

Apesar de todo este processo ser burocraticamente complicado, hoje em dia é possível cancelar o seu seguro automóvel sem que tenha grandes preocupações. Existem alguns factores que podem levar a que o consumidor queira proceder ao cancelamento do seu seguro automóvel. Identificámos alguns:


O preço

Como referido anteriormente, o mercado segurador no ramo automóvel é extremamente competitivo e requer alguma atenção na sua análise. Um dos factores que leva o consumidor a pedir transferência ou a cancelar o seu seguro é o facto de encontrar outro com as mesmas características e que possa ter um preço mais em conta. No entanto, na altura de pensar em cancelar, tenha em atenção as condições legais mencionadas em cima.


Venda do veículo

Caso venda o seu veículo e o seu contrato ainda não tiver chegado ao fim, não há prolema. A companhia de seguros é obrigada a devolver-lhe o dinheiro correspondente ao tempo que não irá usufruir do seguro. A lei aplica-se em casos de:

  • venda; 
  • extinção de matrícula; 
  • acidente; 
  • outra justificação bem fundamentada. 

Lembre-se no entanto que terá sempre de apresentar um forte motivo que esteja devidamente justificado.


Posso transferir o meu seguro automóvel?

Quando é feita a venda do veículo, terá sempre de cancelar o contrato que tem em vigor. O seu seguro automóvel não poderá ser transferido para o novo proprietário do veículo. 


No entanto, se vender o seu veículo actual e comprar outro, é possível continuar a ter o mesmo seguro. Para isso basta que seja o proprietário dos dois carros e títular do seguro. Tenha atenção porque apesar do seguro continuar a ser o mesmo, os seus valores irão certamente sofrer alterações.


Documentos necessários para transferir um seguro

Para solicitar a transferência do seu seguro deverá sempre fazer-se acompanhar do Documento Único Automóvel, da sua identificação e do documento comprovativo de compra/venda do veículo.



Veja também: