AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Como construir uma carreira no estrangeiro?

Mas antes que “arquive” esse projeto, saiba que uma carreira internacional pode estar ao seu alcance. Saiba o que precisa para construir uma carreira no estrangeiro. 

Como construir uma carreira no estrangeiro?
São muitos os profissionais que ambicionam construir uma carreira internacional, mas são também muitos os que acabam por colocar esse projeto na “gaveta”.

Construir uma carreia no estrangeiro é o sonho de muitos profissionais. Seja porque a situação económica atual que se vive no nosso país não permite vislumbrar uma carreira de sucesso em território nacional ou porque – simplesmente – sempre o ambicionaram, a verdade é que a ideia de desenvolver uma carreira internacional é atrativa para muitos. 
 
O problema é que muitas vezes essa ambição é colocada na “gaveta”. Mas você pode contornar as dificuldades e dar esse passo. Basta que saiba o que precisa de fazer para assegurar o seu sucesso. 
 
 

6 Dicas para trilhar o caminho para uma carreira no estrangeiro

Trabalhar no estrangeiro é uma oportunidade única, em muito pelo enriquecimento cultural e profissional que possibilita. Claro que para garantir que é bem-sucedido na sua aventura – antes de partir – deve tentar perceber se tem efetivamente perfil para emigrar e assegurar-se que prepara a sua saída convenientemente. Depois é só seguir as seguintes dicas.
 
 

1. Centre os seus esforços em critérios específicos

Ou seja, em vez de disparar candidaturas para tudo e mais alguma coisa defina os seus critérios. Ora veja. Se trabalha numa determinada área profissional e tem competências nessa mesma área, saberá certamente quais as melhores empresas para desenvolver a sua atividade ou aquelas em que ambiciona trabalhar. Ao fazer este tipo de seleção vai estar mais focado nas especificidades dos processos de recrutamento dessas empresas e vai procurar preencher todos os requisitos que procuram num candidato. A partir daí pode contactar com outras empresas da área que possam ser também uma opção para si.
 
 

2. Domine a língua

Se quer construir uma carreira no estrangeiro é bom que tenha pleno domínio da língua do país onde pretende vir a trabalhar. E se for fluente noutras, tanto melhor. Ter bons conhecimentos de inglês não basta. É importante que seja fluente na língua do país de destino. Não só é uma boa forma de se integrar mais facilmente, mas é também uma boa forma de ver aumentar as suas possibilidades de vir a ser recrutado.
 
 

3. Aposte na formação especializada

De preferência numa das universidades mais valorizadas pelos recrutadores que pretende conquistar. Além de enriquecer o seu Curriculum Vitae (CV) e o seu leque de competências, ainda pode ser uma forma de criar contactos com pessoas ligadas à área.
 
 

4. Adquira experiência profissional relevante

Além da formação especializada, a experiência profissional é outro dos aspetos que pode ajudá-lo a construir uma carreira no estrangeiro. E não falamos apenas de passagens por outras empresas enquanto colaborador. Porque não tentar a sua sorte em estágios internacionais? As ofertas são imensas e as vantagens não se ficam atrás, principalmente para quem pretende investir numa carreira internacional. Estes estágios podem abrir-lhe as portas para várias oportunidades de emprego, não só porque pode estabelecer vários contactos profissionais, mas também porque já lhe permitem ter uma dose de experiência em contexto internacional. Algo que os recrutadores (internacionais) certamente vão apreciar. 
 

5. Crie (e alimente) a sua rede de contactos

Quer saber mais?
Receba as nossas melhores dicas no seu e-mail. Registe-se no E-Konomista. Diariamente, levamos até si a informação mais relevante.
Todos os contactos profissionais que tenha conseguido estabelecer (através da formação académica, experiências profissionais ou entrevistas, por exemplo), podem ser importantes para o seu futuro. Portanto, mantenha-os ativos. E a internet até lhe facilita a tarefa. O LinkedIn (por exemplo) pode ser um dos seus melhores aliados nesta tarefa.
 
 

6. Seja paciente

Não pense que basta decidir que quer seguir uma carreira internacional, pôr um plano em prática e já está. Nada nisso. Vai ter que ser paciente. O mais provável é tentar várias vezes e ouvir muitos “nãos” até que finalmente chegue a tão esperada oportunidade.
 
 

Carreira no estrangeiro: aí vamos nós!

Construir uma carreira no estrangeiro requer esforço e empenho, mas também que acompanhe o mercado de trabalho país onde pretende trabalhar, a fim e poder seguir as tendências laborais (adquirir ou desenvolver novas competências, por exemplo). E não pense que apenas se ingressar numa grande multinacional pode construir uma carreira no estrangeiro. Seria ótimo é claro, mas nem sempre possível. O ideal é que esteja atento e não deixe fugir as oportunidades. Uma delas será sua.
 

Veja também: